Polícia Militar divulga dados da operação realizada durante as eleições suplementares de São Francisco

Neste domingo, 01, a Polícia Militar do Estado de Sergipe vem a público informar os resultados dos trabalhos realizados durante as eleições suplementares do município de São Francisco.

Na última sexta-feira, 29, teve início a operação para policiamento das eleições suplementares em São Francisco. Em torno de 100 militares participaram das ações que tiveram como principal objetivo proporcionar a preservação da legislação eleitoral no processo democrático, oferecendo tranquilidade aos eleitores e moradores da cidade durante o pleito.

Os policiais realizaram policiamento ostensivo em todo município, inclusive nos povoados. O intuito foi coibir qualquer prática ilícita que viesse a prejudicar as eleições no município.

Durante a operação, foram registradas um total de oito ocorrências, sendo quatro captações ilícitas de sufrágio, também conhecida como compras de votos, além de uma infração contra o sistema eleitoral, duas adulterações de identificação de veículos, e uma propaganda política no dia do pleito.

De acordo com o comandante do Comando do Policiamento Militar do Interior (CPMI), coronel Fábio Rolemberg, a eleição ocorreu de forma pacífica e tranquila durante todo o dia. Segundo o coronel, nas situações isoladas existentes, a Polícia Militar agiu de forma rápida e eficiente.

“A eleição ocorreu na mais perfeita ordem, em um clima de tranquilidade, tivemos casos isolados de alguns registros por compra de votos, mas a PMSE agiu rapidamente para garantir a lisura do pleito”, disse o coronel.

Já para o subcomandante da Polícia Militar, coronel Paiva, a eleição teve um andamento tranquilo durante todo o dia, pois as ações dos militares garantiram o resultado pacífico dessas eleições.

“A operação realizada durante a eleição suplementar de São Francisco se mostrou mais do que eficaz, estivemos presentes em todos os locais de votação garantindo a lei e a ordem, tornando o pleito eleitoral muito tranquilo através das ações eficientes e imparciais dos policiais militares”, complementou o subcomandante.

O casal de idosos, Eunice Pereira Bispo, 80 anos, e Nivaldo Paulo Bispo, 81 anos, comprovaram a importância da segurança promovida pelos policiais na cidade indo juntos a seção de votação exercer suas respectivas cidadanias através do voto.

“Essa eleição foi muito calma. Esse momento é muito importante para participarmos da democracia, mesmo em nosso caso, já que o voto é facultativo em virtude da nossa idade. Estamos felizes saber que podemos contar com a PMSE para garantir nosso direito ao voto”, explicaram o casal.

O coordenador de planejamento, estratégia e gestão do Tribunal Regional Eleitoral (TER), Marcelo Gerard, fez questão de enaltecer e agradecer o trabalho realizado pelos policiais nesta eleição suplementar em São Francisco.

“A PMSE atuou com muita eficiência para conter as atividades criminosas. Eu posso garantir que a participação dos militares foi fator primordial para o sucesso dessas eleições. Quero agradecer e parabenizar a todos os policiais pelo trabalho executado, sem dúvidas estaremos sempre juntos atuando em prol da sociedade e da democracia”, finalizou o coordenador.

Coordenaram a Operação:

Coordenador Geral: Coronel Paulo Paiva.

Comandante do CPMI: Coronel Fábio Rolemberg.

Planejamento Operacional: Tenente-coronel Melo.

Comente: