Polícia Civil prende novamente acusado de matar dono do bar Salomé

Magistrado havia revogado a prisão de Vinícius por falta de provas

 

A Polícia Civil realizou na manhã desta sexta-feira, 25, a prisão de V. de S. M. , acusado pelo latrocínio que vitimou o empresário Igor de Faro Franco, proprietário do bar Salomé, crime ocorrido no dia 25 de outubro deste ano. A prisão se deu em cumprimento a mandado de prisão expedido pela 9ª Vara Criminal, em processo que apura a participação de Vinícius e do adolescente infrator no roubo a duas senhoras em 17 de outubro.

Segundo a Polícia Civil, Vinícius é autor confesso de mais de 15 assaltos a mão armada e, inclusive, atuava sempre na companhia de um adolescente infrator que já estava apreendido.

Na quinta-feira, 24, o juiz Leonardo Souza Santana, da 2ª Vara Criminal, havia revogado a prisão do acusado por falta de provas suficientes que confirmassem a participação do acusado no crime. Ainda assim, devido à gravidade do caso, o magistrado expediu medida cautelar impondo ao acusado a utilização de tornozeleira eletrônica para monitoração, a obrigação de se apresentar mensalmente em juízo para informar e justificar as atividades, recolhimento domiciliar durante o período noturno, entre às 18h e 5h, em dias úteis e também durante todo o dia aos domingos e feriados.

Por SSP/SE

Comente: