Polícia Civil prende acusado de homicídio foragido do Mato Grosso

Homem estava foragido desde 2004

Policiais civis do Centro de Operações Especiais (Cope), com apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), prenderam E. Gomes Junior, “Edinho”, em cumprimento a dois mandados de prisão expedidos pela Justiça do Mato Grosso, devido à prática do crime de homicídio qualificado. A prisão ocorreu no início da manhã desta quinta-feira, 15, na Grande Aracaju.

Após receber pedido de diligências da Polícia Civil do Mato Grosso, os policiais sergipanos localizaram a residência de Edio Gomes, na praia da Atalaia Nova, no município da Barra dos Coqueiros, onde estava residindo há cerca de quatro anos. No momento da prisão, ele estava em posse de diversos documentos falsos em nome de E. Carlos Rodrigues de Lima, e confessou que os adquiriu para tentar fugir da polícia.

Os dois mandados de prisão foram expedidos no processo judicial que apura o homicídio qualificado de quatro amigos, mortos ao tentarem furtar peixes de uma fazenda, localizada próxima à cidade de Cuiabá/MT. Na época dos crimes, em 2004, Edio era um dos seguranças da fazenda que participaram da chacina.

O preso foi conduzido ao Cope, de onde será recambiado ao sistema penitenciário e permanecerá à disposição da Justiça do Mato Grosso.

Comente: