PL de Rodrigo Valadares torna Mastro de São Cristóvão Patrimônio Cultural de Sergipe

Os deputados estaduais aprovaram na sessão da última quarta-feira, 14, o projeto de lei de autoria de Rodrigo Valadares que torna a Festa do Mastro de São Cristóvão Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Sergipe. Desde o século XIX, a comemoração acontece durante todo o mês de junho, seguindo um ritual onde as caceteiras vão em busca da retirada do mastro e de premiações para serem disputadas pelos participantes e simpatizantes do evento, sob chuva de fogos, como busca-pés, espadas e outros. Segundo o autor, o projeto de lei tornando a festa patrimônio cultural visa eternizar a tradição que já faz parte da história de toda a população do município .  “Berço de inúmeras manifestações populares, São Cristóvão traz consigo antigas tradições que até hoje fazem parte da população e é de extrema importância que isso seja preservado. O nosso objetivo aqui é garantir que as presentes e futuras gerações possam conhecer e ter contato com essa cultura linda que vem acontecendo na cidade há mais de 80 anos”, destacou.  O parlamentar declarou ainda que, com a vacinação de todos aplicadas e a pandemia contida, espera ter a honra de participar da festa junto com os moradores da região, a fim de conhecer ainda mais a prática festiva. Por fim, reiterou o compromisso de seu mandato com a cultura e tradições nordestinas, pois além de preservar a história, gera mais renda, turismo e lazer aos sergipanos. Foto: Jadilson Simões

Comente: