Concurso Público: Câmara e FGV planejam novo cronograma de provas

Com a suspensão dos decretos governamentais de restrição para contenção da pandemia do novo coronavirus, – que proibiram aglomerações de pessoas especialmente em ambientes fechados-, Nitinho Vitale (PSD), presidente da Câmara Municipal de Aracaju, anunciou, na manhã desta quinta-feira, 15, que diretores administrativos da Casa deflagraram tratativas com a direção da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para redefinição de um cronograma para realização das provas do concurso público ainda no segundo semestre de 2021.

O pronunciamento do presidente aconteceu durante a 63ª Sessão Ordinária Virtual. Atendendo a uma solicitação de Nitinho, os diretores da CMA se reuniram ainda na manhã desta quinta-feira, 15, com a representante da FGV, Juliana Borello, para discutir os ajustes sobre o certame. O encontro virtual foi comandado pelo Superintendente de Relações Institucionais da CMA, Jorginho Araujo; e também contou com as presenças da Superintendente Executiva da Casa, Josy Aguiar e da presidente da comissão do concurso, Sônia de Oliveira.

Durante a reunião, o superintendente de Relações Institucionais informou que a intenção é que a realização do concurso aconteça ainda em 2021. De acordo com Jorginho, a Casa e a comissão do certame estarão em contato permanente com a FGV. “Definiremos um novo cronograma e, em seguida, escolheremos a nova data, em conjunto. Divulgaremos em breve”, disse. Ele lembrou, ainda, que em decorrência da suspensão das provas durante a alta de contágio da pandemia, os candidatos desistentes foram orientados a requerer a devolução da taxa de inscrição. ” O reembolso foi realizado em fevereiro deste ano”, reafirmou o superintendente.

Cronograma – Para a adoção do novo cronograma de provas, a representante da FGV explicou que será necessário refazer a contabilidade de inscritos e, em observância ao novo contingente, haverá a contratualização de espaços físicos e de pessoal que irá trabalhar no dia da aplicação das provas. “Aos poucos, e seguindo os decretos de prevenção do coronavírus, os concursos públicos estão sendo realizados pelo país. E aqui acontecerá também, seguindo todas as normas de segurança sanitária”, justificou Juliana.

Sônia, presidente da comissão do concurso, e Jôsy, superintendente Executiva, agradeceram a disponibilidade da representante da FGV e afirmaram que a equipe está alinhada para dar seguimento aos processos. “A Casa tem total confiança na banca realizadora do concurso. Não haverá problemas para montarmos o novo cronograma para poder realizar o certame ainda este ano”, garantiu Jôsy.

Comente: