Prefeitura segue aplicando primeira dose no drive-thru e na Escola Municipal Presidente Vargas

Mesmo diante da necessidade de suspensão da vacinação para a segunda dose, devido ao ajustamento da logística, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), assegurou a continuidade do cronograma de imunização da primeira dose, dos idosos 60+, profissionais de saúde 40+, profissionais das forças armadas e forças de segurança e salvamento. Até esta terça-feira, 27, já foram imunizados 109.602 pessoas na capital, o que corresponde a 16,48% da população aracajuana. 
Até o momento, Aracaju já vacinou 78.452 idosos, sendo que 17.332 já tomaram a segunda dose, 28.127 profissionais de saúde e, destes, 17.910 tomaram a segunda dose, 2.149 profissionais das forças armadas ou de segurança, 348 pessoas com síndrome de Down e Transtorno do Espectro Autista (TEA). 
Imunizados no Drive-thru
O sargento Antônio Ventura recebeu sua primeira dose e falou o que a vacina representa para ele. “Um sentimento de alívio e felicidade. Ano passado eu tive covid-19 e precisei me internar na UTI. Tomar esta vacina é uma gratidão imensa, espero a segunda dose, seguindo as medidas de biossegurança, como máscara, álcool em gel e distanciamento social”, explicou.
“Estamos trabalhando na linha de frente. E precisamos nos cuidar e cuidar de todos os pacientes, a vacina é uma proteção individual, mas que acaba contribuindo para o coletivo. Todos que estão aptos não deixem de se vacinar!”, enfatizou a psicóloga Camila Montalvão.
Vacinação na Escola Presidente Vargas
“Trabalho como enfermeira e com esta vacina, o sentimento é de muita felicidade. Desde o começo da pandemia, que eu estou trabalhando e a preocupação era constante. Com a vacina, chega também um sentimento de alívio”, disse Denise Freitas.
Quem também ficou aliviado e com sentimento de renascimento, foi o profissional de saúde, Gabriel de Araújo, que recebeu sua primeira dose na escola Presidente Vargas. “Eu vi muitas pessoas próximas a mim indo embora por causa desta doença. Hoje eu venci mais uma batalha contra este coronavírus. Essa vacina, assim como a vida, precisa ser seguida”, declarou.

Comente: