Sergipe supera meta de pesquisa do Ministério da Saúde sobre vacinação

Foram acompanhadas 109.424 crianças no ato de vacinação no primeiro semestre e, dessas, 99,3% estão com o cartão vacinal em dia/ Foto: Marcos Rodrigues/ASN
Foram acompanhadas 109.424 crianças no ato de vacinação no primeiro semestre e, dessas, 99,3% estão com o cartão vacinal em dia/ Foto: Marcos Rodrigues/ASN

O Estado de Sergipe superou a meta  nacional de 73%, estabelecida pelo Governo Federal, sobre o Bolsa Família. Foram acompanhadas 109.424 crianças no ato de vacinação no primeiro semestre e, dessas, 99,3% estão com o cartão vacinal em dia. O resultado da primeira vigência do programa foi divulgado pelo Ministério da Saúde (MS).

A pesquisa do MS avalia os acompanhamentos realizados pelas equipes de saúde quanto ao cumprimento ao calendário vacinal (imunização), crescimento e desenvolvimento das crianças menores de sete anos no âmbito da alimentação e qualidade nutricional. O estudo mostra, ainda, a assistência pré-natal de gestantes visando à garantia do acesso ao direito à saúde das famílias beneficiadas.

“Segundo dados fornecidos pelo Sistema do  Pacto pela  Saúde (SISPACTO), Sergipe aparece como quinto do Brasil e segundo na região Nordeste  na garantia da equidade, direito e acesso à saúde dentro do Programa Bolsa Família. O número corresponde a 79,36%”, revela o coordenador estadual do Programa Bolsa Família, Ronaldo Cruz. Ele também disse que d9s 99,3% das crianças com cartão vacinal em dia, 86, 8% tiveram dados nutricionais coletados.

“O Bolsa Família trabalha de forma intersetorial (unindo os setores da Saúde, Educação e Inclusão Social), focalizando as ações  com a finalidade de promover o acesso das famílias aos direitos sociais básicos”, pontua Ronaldo Cruz. O programa acompanha crianças com menos de  sete anos, mulheres gestantes e nutrizes da faixa etária entre 14 e 44 anos.

Comente: