RELEASE SOBRE O LANÇAMENTO DO LIVRO “PINTANDO O AMOR COM TINTAS E PALAVRAS”, DE GUSTAVO ARAGÃO

Gustavo Aragão é um talento jovem de Sergipe que ingressou no mundo literário e recebeu os holofotes dos críticos ainda aos 16 anos com o livro Os Encantos de uma Floresta em 2000. Aos 19 anos, tomou posse da cadeira nº 4, do Movimento de Apoio Cultural da Academia Sergipana de Letras tornando-se, na época, o mais jovem escritor a ingressar numa academia de Belas Letras no país. Graduado em Letras Português Licenciatura, pela Universidade Federal de Sergipe e Pós-graduado em Língua Portuguesa, pela Faculdade Pio Décimo, buscou novos rumos e partiu para São Paulo, onde trabalhou como revisor e editor de livros didáticos e não didáticos (literários) em editoras nacionais, como CPB, IBEP, Editora do Brasil, Ática, Escala Educacional, DCL.

Hoje aos trinta e um anos tem, na bagagem, 7 livros publicados: Os Encantos de uma FlorestaO Mundo MágicoAlém do arco-írisMinha amiga LuaA efemeridade das rosas do Tempo (Poesia)CristalinoA Lenda do Girassol – Coaraci e o Girassol encantados, mas também é autor de Azul, doce Azul!, espetáculo que ganhou os palcos de São Paulo, com montagem e produção da Companhia dos Satyros (2011), que foi vendido em 18 apresentações para o SESC-SP e 99 apresentações para a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

Foi idealizador, junto com Ilmara Sousa e Domingos Pascoal de Melo, do I Encontro Sergipano de Escritores, que hoje se encontra em sua 3ª edição.

Ele é também um dos idealizadores da I Feira da Leitura e do Livro de Sergipe (Flise), que será realizado ainda este ano, nos dias 6, 7 e 8 de novembro, no Parque Augusto Franco (Sementeira), com a finalidade de democratizar o acesso à leitura e ao livro, além de movimentar intensamente os segmentos da Educação e da Cultura, abraçando os setores gráfico, editorial, livreiro e do turismo local.

Foi eleito o presidente fundador da Academia de Letras de Aracaju (ALA).

Atualmente já de volta a Aracaju, trabalha como revisor e editor de livros didáticos e não didáticos (literários), é coordenador de Língua Portuguesa do Colégio CCPA e professor de Produção Textual, do Ensino Médio. Na escola onde leciona é um grande agitador cultural, que promove inúmeros eventos como Clube do Livro, Semana do livro, oficinas dentre outras atividades voltadas ao estímulo da leitura e de acesso ao livro. Ministra cursos, palestras e oficinas para estudantes e professores em Universidades e escolas em geral. Colunista do Caderno Fim de Semana, do Jornal Correio de Sergipe, ele assina a Coluna semanal Culturart, além disso continua promovendo momentos de encontro com autor e contações de histórias em escolas e bibliotecas de Sergipe. Lançou em setembro de 2013, seu mais recente trabalho dedicado ao público infantil, “A lenda do Girassol – Coaraci e o Girassol encantados”, que foi adotado por inúmeras escolas da rede particular de ensino e que se tornou um sucesso de vendas em seu segmento em nosso estado.

 

Agora lançará o seu 8º livro, com selo da Editora Marca Página, sediada em Mogi das Cruzes, São Paulo, intitulado “PINTANDO O AMOR COM TINTAS E PALAVRAS”. A obra é destinada a leitores em processo, que tenham aproximadamente de 8 a 10 anos, mas apesar disso poderá ser lida por pessoas das mais distintas faixas etárias. Nela, desfia-se a história de uma garota chamada Letícia, que adora passear na casa dos avós, uma casa muito especial, cheia de encantos e magia. Sua avó é apaixonada pela pintura, já seu avô, um aficcionado por livros e amante da poesia. A magia do relacionamento com os avós serve como ponto de partida para o ingresso no mundo da imaginação, próprio das crianças. Por meio de uma linguagem simples e muita criativa, a menina se envolve no universo mágico e poderoso da leitura e da pintura. Em seus sonhos, acaba criando um contato com as cores e com uma infinidade de formas, aprendendo a respeitar a diversidade. Com o desenrolar da história, a menina aprende que o diálogo, a educação, o respeito e o amor à natureza constroem-se no dia a dia. Em  relação à família, simbolizada pelos avós, ela estabelece vínculos com gerações passadas e aprende, dentro de um contexto de intensa experiência com a arte, a real importância dos vínculos familiares.

Esta obra conta com ilustrações compostas em aquarela por um dos mais habilidosos ilustradores do país, o paulistano Sidney Meireles. Este já ilustrou para a revista inglesa Storytime, para as revistas nacionais Recreio, Placar e Mundo Estranho, além de ter ilustrado 4 volumes para a Coleção Folclore Brasileiro, da Folha de S. Paulo. Ele fará uma singela exposição do trabalho realizado para compor as ilustrações do livro do autor sergipano. 

 

O lançamento do livro “Pintando o Amor com tintas e palavras” será realizado na Galeria J. Inácio, no prédio da Biblioteca Pública Epifânio Dória, às 19h, onde o autor e o ilustrador receberão os cumprimentos do público e autografarão os livros.   

 

CONTATOS COM O ARTISTA SERGIPANO EM DESTAQUE PARA AGENDAMENTO DE ENTREVISTAS

CEL.: 9888-0111 / 9932-0729 (Adriano)

End. Av. Pastora Maria, 63, Bloco H, apt. 302, Farolândia, Aracaju, Sergipe, 49.030-210

e-mail: gustavo.a.escritor@gmail.com

Comente: