Prefeitura de Santo Amaro realiza Feira Mão-amiga

Com objetivo de fortalecer o comércio e os atrativos turísticos da cidade, a Prefeitura de Santo Amaro das Brotas através da Secretaria Municipal de Comunicação Social, realiza a Feira Mão-amiga. Uma feirinha que busca difundir os aspectos culturais do município, como os artesanatos e a culinária local.

A Feira Mão-amiga é realizada todos os domingos, das 14h às 17h na praça principal do município. A secretária municipal de Comunicação Social, Isolda Facion, explica que a ideia surgiu a partir da Feira do Agricultor. “Nós fizemos uma junção da feirinha do agricultor com os munícipes que fazem artesanato e tem habilidades culinárias. O prefeito deu total apoio a esse projeto e está ajudando as pessoas que não têm renda para iniciar, ele está dando as barracas, que são todas padronizadas, terão camisas e tem por finalidade, também, levar esse pessoal para a Feira de Sergipe que acontece todos os anos em Aracaju”, disse.

Segundo Isolda, é uma grande oportunidade, também, do município participar de eventos na capital. “Santo Amaro nunca participou da Feira de Sergipe e o prefeito quer levar a nossa cultura pra lá. Nós também levaremos a feirinha para os eventos dos povoados aqui do nosso município. De início temos 33 barracas já montadas e ainda temos mais pessoas querendo participar”, destacou.

“Sempre teremos alguma atração para abrilhantar nossa feira, como shows, apresentações, teatro, parquinho para crianças, entre outros atrativos. Será uma alternativa de lazer para a população que costuma ficar em casa aos domingos. Queremos que vire um hábito para as pessoas visitar a praça e por consequência participar da nossa feirinha. Além disso, será disponibilizado Wi-Fi grátis para todos que estiverem prestigiando a feira”, finalizou Isolda.

Para a vendedora de Acarajé, Maria Isabel dos Santos, a feira irá ajudar a ganhar uma renda extra para a família. “É uma forma de a gente ganhar um dinheirinho a mais. Essa oportunidade que o prefeito está nos dando é muito importante. A gente faz as coisas e vende em casa, daí não sai tanto como em uma feirinha como essa”, diz.

Já para a artesã Lindinalva Caldas, é uma forma de mostrar suas habilidades. “Essa feirinha é muito importante para a gente que vive do artesanato. Faço peças em crochê e agora vou ter onde expor e vender minhas coisas, isso é muito bom. Sem falar na renda que vai crescer com mais essa oportunidade. O prefeito está de parabéns pela iniciativa”, enfatizou Lindinalva.

 

Comente: