Governo do Estado gerou 29 mil empregos

Atualmente, 320 empresas estão funcionando espalhadas por todo o território e são beneficiadas pelo programa, resultando em um investimento de quase R$ 2 bilhões

O governo do Estado de Sergipe, por meio do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial – PSDI, incentivou a criação e manutenção de mais de 29 mil empregos ao longo de 2018. Atualmente, 320 empresas estão funcionando espalhadas por todo o território e são beneficiadas pelo programa, resultando em um investimento de quase R$ 2 bilhões.

O PSDI é um programa de governo que objetiva a atração de novos negócios para Sergipe, por meio da oferta de incentivos que podem ser fiscais e/ou locacionais, sendo esse último, ofertado principalmente nos núcleos e distritos industriais espalhados pelo estado. Apenas em 2018, foram implantados oito novos empreendimentos, resultando em um investimento de R$ 35.722.919,27 e na criação de 210 novas vagas de emprego.

Entre os municípios mais procurados, destacam-se os de Nossa Senhora do Socorro, Aracaju, Estância, Tobias Barreto, Itabaiana e Lagarto, onde estão localizados 188 empreendimentos.

“O programa é uma ferramenta estratégica que o governo do Estado disponibiliza com o objetivo de fortalecer a economia sergipana. Empreendimentos industriais, centros de distribuição, agroindustriais, de pecuária, aquícolas, turísticos e tecnológicos podem ser beneficiados de diferentes formas com apoio fiscal, locacional ou de infraestrutura, afirmou”, explica o diretor Técnico Operacional da Codise, Luís Mário da Silva.
 

Comente: