Governo do Estado amplia a rede hospitalar contra o novo coronavírus

Com os 12 novos leitos de UTI, Hospital Regional de Estância passa a ser mais uma referência da Covid-19 no interior do estado, em especial para pacientes críticos

O Governo do Estado amplia a partir desta segunda-feira, 11, a rede pública de atendimento hospitalar contra o novo coronavírus. No Hospital Regional Jessé Fontes (HRE), em Estância, 42 novos leitos reforçarão a assistência a pacientes diagnosticados com a Covid-19. Com isso, a unidade hospitalar passará a contar com 57 leitos, sendo 40 leitos de enfermaria para adultos, 5 leitos de enfermaria pediátrica e 12 leitos de UTI, sendo que nesta segunda feira, apenas os Leitos de UTI já estarão sendo colocados à disposição da População, ficando os outros 30 leitos de Enfermaria, aguardando, apenas, que a escala de Recursos Humanos seja completada, para também estarem à disposição.

O governador Belivaldo Chagas, enfatizou que a gestão está trabalhando com planejamento e que o resultado da ampliação de leitos no Hospital Regional de Estância foi uma conquista. “A entrega dos 12 Leitos de UTI era o que tínhamos de maior Prioridade, nesse momento, porém estamos buscando a abertura dos outros 30 leitos de Enfermaria, o mais breve possível. Dentro do nosso planejamento estamos trabalhando para que possa ampliar nossa capacidade para aproximadamente 200 leitos de UTI e mais de 600 de enfermaria, caso seja necessário, de um total geral, da rede pública e privada”, informou. 

Com a ampliação dos leitos, o Hospital Regional Jessé Fontes passa a ser mais uma referência no interior do estado para atender pacientes com Covid-19, em especial para pacientes críticos. “O Hospital de Estância é, no interior, uma referência entre as unidades próprias do estado, principalmente por estarmos ativando leitos de maior complexidade, com os 12 Leitos de UTI. Além do Hospital Regional de Estância, o Hospital Universitário de Lagarto possuo leitos de UTI. Para ampliarmos, unimos esforços das equipes da Secretaria, tanto no quesito infraestrutura e recursos humanos, quanto da atenção à saúde e gestão de equipamentos”, pontuou o Diretor da Atenção Integral à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde, João Lima.

“Para ampliarmos os leitos, o hospital passou por adequações físicas, logísticas e de pessoal. Criamos o comitê de crise, reestruturamos o Núcleo de Ensino e Pesquisa, assim como a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar”, comentou a superintendente do Hospital, Luara Carvalho Araújo, e acrescentou que desde o início da pandemia, o hospital desenvolve ações de melhoria. 

A unidade possui, na sua porta de urgência, dois leitos de estabilização para adultos e dois leitos de estabilização pediátricos. Para não haver cruzamento na entrada de pacientes com sintomas de síndrome gripal com outros pacientes, foi criado um acesso exclusivo para dois consultórios, um para clínica médica e outro para pediatria, além da sala de coleta de exames para diagnóstico da Covid-19.

Segundo a secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitosa, o governo vem ampliando os investimentos com atenção redobrada para municípios de todas as regiões do estado. “Nós temos atuado fortemente em todo o estado no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Criamos uma rede de atendimento e de combate ao coronavírus. Estamos aos poucos conseguindo estruturar novos leitos” disse a secretária.

Comente: