Em nova missão do GTA, criança de três anos é transferida para atendimento médico em Aracaju

A paciente foi transportada da cidade de Porto da Folha para a capital sergipana

O transporte aeromédico de uma criança de três anos foi a mais recente missão realizada pelo Grupamento Tático Aéreo (GTA). Ela já nasceu com comorbidades renais e respiratórias e o deslocamento terrestre não era indicado para a situação dela. O GTA foi acionado e fez o transporte aéreo da cidade de Porto da Folha para a capital sergipana, nessa segunda-feira, 28. 
 

A criança sempre estava indo para a unidade hospitalar da cidade, mas, nos últimos dias, com uma redução nos recursos de saúde locais, o transporte terrestre era contraindicado. Então, os médicos solicitaram a transferência, feita junto ao Serviço de Atendimento de Urgência (Samu) e com a equipe do GTA, que fez o transporte aeromédico.
 

No deslocamento, considerado complexo, a criança ficou sedada. A missão foi concluída com a aterrissagem da aeronave do Grupamento Tático Aéreo, que desembarcou a criança de modo ágil e seguro em Aracaju, onde todos os cuidados médicos continuaram sendo fornecidos à pequena paciente.   

Comente: