União entre forças policiais e população retira de circulação criminoso de alta periculosidade

No histórico do criminoso estão latrocínio, roubo e tráfico de drogas

Policiais civis do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) prenderam em flagrante nessa terça-feira, 27, o ex-presidiário C. W. dos S. , conehcido como “Gago”, de 34 anos, criminoso de alta periculosidade, após denúncias de ostentação de armas e veículos roubados no Bugio.

As equipes policiais foram checar a denúncia e localizaram o acusado que ainda tentou uma fuga, mas foi interceptado pelas equipes. “Com ele apreendemos uma pistola calibre .40 inox, um tablete de crack, trouxas grandes de cocaína, uma balança de precisão, diversas placas de veículos, além de um veículo GM/ÁGILE de cor branca de placa NVM-9316 que foi roubado na semana passada no bairro Siqueira Campos e um VW/VOYAGE de cor prata que ostentava a placa OZT-3577, mas que sua verdadeira placa é ORL-1026 com restrição de roubo/furto”, relata o delegado André David.

Ainda segundo o delegado, o último crime cometido por ele, o roubo do veículo no bairro Jabutiana, foi realizado com extrema violência, inclusive com uma criança portadora de necessidades especiais.

No rol de crimes cometidos por “Gago” estão latrocínio, crime do qual já cumpriu 14 anos de reclusão; porte ilegal de arma de fogo no município de Areia Branca, onde na ocasião estava a caminho de um assalto a uma agência bancária na cidade de Campo do Brito, juntamente com outros comparsas.

“O bom resultado da operação ocorreu graças ao Disque Denúncia, 181, feito pela população que vive cansada de bandidos, e pela integração entre o Cope, Delegacia de Roubos e Furtos (Derof) e Delegacia de Canindé de São Francisco que auxiliaram na operação”, conclui André David.

Comente: