Taxista é morto a tiros no bairro Cidade Nova

Um taxista foi assassinado nesta sexta-feira (11), por volta das 5h10, no loteamento Planalto, bairro Cidade Nova, zona norte da capital.

IMG-20150911-WA0000.jpg

Foto: Portal A8SE

De acordo com informações, homens armados saíram de um carro branco e dispararam contra Sidnei de Souza, que trabalhava como taxista há 10 anos.

O taxista, que era conhecido como Boca de Piranha, foi assassinado na calçada de casa. Ele esperava o taxi que dirigia para começar a trabalhar quando foi surpreendido pelos suspeitos. Segundo relatos de testemunhas, foram ouvidos dois tiros.

O proprietário do taxi que a vítima tralhava, Edson Ramos, precisou ser mediado após saber da notícia do falecimento do taxista. “Não foi porque ele morreu não, mas para mim, ele era um dos melhores profissionais que eu tinha. Homem de confiança. Eu não tenho nem palavras para dizer como estou me sentindo agora”, lamenta.

IMG-20150911-WA0008.jpg

Foto: Divulgação

Segundo a polícia, a investigação do crime já está com 70% de conclusão. Os policiais já sabem que são os autores do assassinato. A cena do homicídio apresenta indícios de execução. Sidnei deixa víuva e dois filhos.

Esse já é o sexto taxista que morre somente este ano. É o que confirma, Jerson Ferreira, vice-presidente do Sindicato dos Taxistas (Sintaxi). “A gente só tem a lamentar. O sindicato lamenta por mais um pai de família que se vai, mais um taxista que perde a vida. O sindicato espera que a polícia tenha uma resposta para isso crime, que dê uma resposta a sociedade. Quem foi o causador dessa situação tem que pagar pelo que fez”, destaca.

Fonte: A8SE