Suspeitos de latrocínio em Usina são presos em Carmópolis

Dos 10 envolvidos no crime, 5 já foram presos pela PC

 
Uma ação conjunta entre policiais civis lotados nos municípios de Carmópolis e Nossa Senhora das Dores cumpriu com êxito nessa terça-feira, 23, dois mandados de prisão em desfavor de M. P. A. de Jesus, 29 anos e W. P. A. Cerqueira, 25 anos. Ambos são suspeitos no envolvimento do latrocínio que vitimou o sargento da reserva da Polícia Militar Manoel Firmino dos Santos, morto em outubro do ano passado durante assalto a uma Usina localizada no município de Nossa Senhora das Dores.
Na ocasião, um grupo com dez homens invadiram a usina para subtrair bombinhas de cobre. No momento do assalto houve troca de tiros, ocasionando o óbito do sargento Firmino e a fuga dos envolvidos. Como resultado das investigações, foram colhidas informações sobre o paradeiro de Marcos Paulo e Wantony Paulo que se encontravam escondidos em uma residência no município de Carmópolis.
A ação conjunta entre as delegacias de Dores e Carmópolis impulsionou a agilidade na prisão dos suspeitos. As investigações envolvendo o caso continuam no intuito de prender outros envolvidos.
Outras prisões
Outras prisões envolvendo o roubo a usina Campo Lindo foram realizadas, em janeiro deste ano. Na época foram presos E.Bezerra da Silva e J. C. da Silva, vulgo “Propriá”, em uma operação da Policia Civil objetivando o cumprimento de seis mandados de prisão preventiva e oito mandados de busca e apreensão por roubo. Em fevereiro também deste ano, a policia prendeu Renisson dos Santos, 21 anos confessou a participação no latrocínio.

Deixe uma resposta