“Queremos entregar à sociedade uma PM bem aparelhada e com acréscimo de efetivo”, disse Jackson em formatura de 357 novos policiais

O governador Jackson Barreto compareceu na noite da última segunda-feira, 07, à formatura de mais 357 alunos do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar de Sergipe, em solenidade realizada no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP). Em janeiro do ano passado, ocorreu a formatura dos primeiros 657 novos soldados aprovados no concurso público promovido pelo Governo de Sergipe em 2014. A PM também aproveitou a formação dos novos praças para comemorar os 181 anos da corporação, completados no último dia 28 de fevereiro.

 

Jackson afirmou que com a formatura desses novos 357 alunos, já chegam a 1014 novos homens incorporados à instituição que auxiliarão no combate à violência. “Na nossa gestão, já nomeamos mais de mil homens. Isso demonstra o nosso compromisso com a segurança pública”, afirmou Jackson Barreto, ao prometer a um grupo de concursados, que, até maio próximo, definirá sobre a convocação dos 280 excedentes restantes aprovados no certame da PM.

Ele lembrou que mais 100 policiais civis e 20 escrivães também serão nomeados em breve na Segurança Pública. Ele destacou que dois terços dos policiais militares e a totalidade dos policiais civis serão lotados no interior. “Queremos entregar à sociedade uma PM bem aparelhada e com acréscimo de efetivo”, enfatizou.

O governador disse que estava gratificado em participar da formatura desses jovens e desejou uma longa carreira para todos eles. “Todos estão bem formados e preparados para defender a sociedade com ética, compromisso e comportamento digno. Torço para que todos cheguem ao topo da carreira e compartilho com os familiares essa felicidade que estão sentindo”, afirmou.

O secretário de Segurança Pública, João Batista, afirmou que a convocação dos novos praças é uma demonstração do compromisso do governador em combater a violência e promover a segurança que a sociedade exige.

Comandante da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral Santos destacou o compromisso do governo em combater a violência e fortalecer a segurança pública para que se atenda o clamor da sociedade de conviver com tranquilidade e harmonia.

Ele deu as boas vindas aos novos soldados, destacando que agora eles fazem parte da família da polícia militar. “Vocês agora participam de um sacerdócio e precisa atuar com coragem, desprendimento e, acima de tudo, com comprometimento para garantir a segurança da sociedade”, enfatizou.

Formação

Todos os formandos passaram por uma longa jornada de capacitação técnica profissional. Em 12 de maio de 2015 foram iniciadas as aulas do Curso de Formação de Soldados, com atividades pedagógicas e operacionais de sala de aula em regime intensivo, participando, em seguida, de Estágio Prático Supervisionado de Policiamento Ostensivo nas ruas da capital e do interior, onde exercitaram técnicas e conhecimentos teóricos aprendidos em sala de aula. A carga horária à qual foram submetidos foi superior a 1.200 horas.

O Curso de Formação de Soldado das Polícias Militares do Brasil busca um currículo unificado, que foi estabelecido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, com matérias práticas, bem como com matérias relacionadas à área jurídica, como o Direito Penal, Direito Constitucional, ou seja, uma formação bastante que habilita estes policiais a atenderem a demanda da sociedade por segurança.

Homenagens

Durante a solenidade foram homenageados os alunos que conquistaram as três primeiras colocações gerais no curso. Lucas Souza Fernandes, primeiro lugar; Diego da Silva Santos, segundo lugar; e José Gilmar dos Santos, em terceira colocação.

Formalizando o ingresso dos alunos na Corporação da PMSE, o Comandante Geral promove os alunos à graduação de Soldado PM de 3ª Classe. A remuneração dos soldados é de R$ 2.878,40.

Presenças

Compareceram à solenidade os secretários de Estado do Planejamento e Gestão, João Augusto Gama; Educação, Jorge Carvalho; Comunicação Social, Sales Neto; o deputado estadual, capitão Samuel, que representou a Assembleia Legislativa; o vereador Dr. Gonzaga, representando a Câmara Municipal de Aracaju; o chefe da Casa Militar, coronel Eduardo; a juíza Juliana Nogueira, representante da Justiça Militar; o delegado geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira; e o promotor João Rodrigues Neto, representante do Ministério Público de Sergipe.

FONTE: Secom/ASN

Comente: