Polícia prende homem que matou companheira em Capela

E. D. de M. tem 19 anos e já respondeu por homicídio quando era menor

No sábado, 25, a Polícia Civil prendeu E. D. de M., 19 anos, de apelido Dindo, que atirou na própria companheira, Nathaliene Vieira dos Santos, 19 anos, com um revólver calibre .38 em casa.

 

Segundo E., eles moravam juntos há um certo tempo e têm um filho de 10 meses. Na Delegacia de Capela, ele alegou que estava manuseando a arma de fogo, a qual não tinha autorização para utilizar, e enquanto limpava não notou que estava engatilhada e com munição. Durante a limpeza, houve um disparo acidental, de acordo com Dindo, e Nathaliene, que estava sentada na cama, foi atingida na cabeça. Ao ver a companheira agonizando, ele disse que se desesperou e fugiu, mas com a pressão popular ele teria ficado desorientado e resolveu se apresentar à polícia.

 

Já os familiares da vítima confirmaram que havia uma violência doméstica com frequência, que várias vezes a moça aparecia com marcas no corpo, mas negava quando alguém perguntava e não queria ajuda, nem da família, nem da polícia, por isso nunca denunciou.

 

Segundo a delegada de Capela, Mariana Andrade Amorim, E. já respondeu por homicídio quando era menor e disse que teria jogado a arma de fogo em um riacho. Os policiais realizaram diligências na área, mas não encontraram. Na sequência, ele foi encaminhado à Delegacia Plantonista de Propriá, na qual será dado andamento ao caso.

Comente: