Polícia prende dois homens por violência doméstica contra companheiras

Em ambos os casos os agressores são companheiros das vítimas

Dois casos de violência doméstica foram registrados na Polícia Civil durante o último final de semana. As duas situações ocorreram nas cidades de Barra dos Coqueiros e São Cristóvão. No primeiro caso, a vítima foi agredida pelo marido por não consentir relações sexuais no momento, ele então a agrediu verbalmente e com puxões de cabelo, socos e golpes de pá. As agressões resultaram em lesões no braço, cabeça e escoriações no rosto.

O agressor ainda impediu a saída da vítima para que ela não procurasse a Polícia. Ao notar a gravidade dos ferimentos, o homem permitiu que ela procurasse o posto de saúde mais próximo, onde encontrou policiais militares que haviam sido acionados por uma vizinha que ouviu os pedidos de ajuda da vítima.

Segundo registro

No segundo caso, o também companheiro da vítima estava alcoolizado e agradiu a mulher verbalmente e com golpes de facão. Uma das filhas do casal, de 12 anos de idade, ameaçou chamar a Polícia, momento em que vítima e agressor entraram em luta corporal e a agredida conseguiu ainda se trancar no quarto com a filha mais nova. O homem ainda desferiu golpes de facão contra a porta do quarto. A menina de 12 anos se dirigiu para a casa da avó enquanto a mulher e a filha fugiram pela janela e se abrigaram na casa de uma vizinha.

A Polícia foi acionada por populares, os agentes contiveram o agressor e os envolvidos foram levados à delegacia para prestar esclarecimentos.Os casos foram encaminhados à Delegacia Plantonista Norte, onde foi constatado que ambos apresentam agressões recorrentes.

Comente: