Polícia Militar desativa rinha de galo no município de São Cristóvão

A

Polícia Militar do Estado de Sergipe, por meio do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), desativou uma rinha de galo localizada no Povoado Timbó, município de São Cristóvão. A ação contra o crime ambiental de maus tratos de animais contou com o apoio de equipes do Grupamento Tático Especial de Motos (Getam) e da Força Tática do 1º Batalhão.

Por volta das 9h30, os policiais militares foram acionados através do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) para checar uma denúncia sobre a ocorrência de um torneio de rinha de galos, nas imediações da barragem do Rio Poxim. Instantes após o inicio das buscas, as guarnições flagraram duas arenas de alvenaria utilizada para os animais se digladiarem, bem como, foram encontrados 34 galos presos em gaiolas, além de materiais comumente usados nestes eventos ilegais, a exemplo de mantas, esparadrapos, balança digital e medicamentos de uso veterinário.

Durante a abordagem, um homem de 37 anos foi identificado como o responsável pelo evento. Ele optou em não se manifestar, mas concordou em assinar o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado no próprio local dos fatos. O infrator responderá na Justiça pelo crime previsto no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais.

Comente: