Polícia Civil prende padrasto suspeito de estuprar enteada dos 10 aos 14 anos

Investigado também já havia abusado de uma prima da esposa

A equipe da Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente Vítima (Deacav) deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva de um homem de 32 anos, investigado por estupro de vulnerável, na zona Sul de Aracaju. O suspeito é investigado pelo estupro de sua enteada, ocorrido dos 10 até os 14 anos. A ação policial ocorreu na manhã dessa segunda-feira (2).

De acordo com a investigação, o suspeito aproveitava os momentos em que sua companheira saía de casa para trabalhar e cometia os atos de violência sexual, ameaçando a enteada para que não fosse denunciado.

Também foi apurado que o homem já havia abusado de uma prima da esposa, quando esta criança tinha apenas seis anos de idade.

Segundo o delegado Ronaldo Marinho, “ao ter conhecimento de que havia sido denunciado, o suspeito passou a coagir as testemunhas e chegou a oferecer uma casa para que a sua ex-mulher retirasse as acusações”.

O homem será encaminhado à audiência de custódia, para os trâmites legais e o Inquérito Policial será concluído em 10 dias.

Comente: