Polícia Civil prende mulher acusada de exercício ilegal da medicina e uso de documentos falsos

Ela foi localizada em um loteamento de Nossa Senhora do Socorro nesta quarta-feira, 10

Policiais civis de Porto da Folha prenderam A. L. Lopes de Santana pelas práticas de exercício ilegal da profissão, na área de medicina, e uso de documento falso. A detenção ocorreu nesta quarta-feira, 10.

De acordo com o delegado Néviton Rodrigues, os crimes foram cometidos em 10 de junho de 2008, na cidade de Porto da Folha. A prisão foi representada e a sentença expedida pelo Poder Judiciário foi cumprida no loteamento Carajás, em Nossa Senhora do Socorro.

A acusada foi presa e encaminhada para uma unidade policial, para adoção das demais medidas cabíveis ao caso. Ela encontra-se à disposição do Poder Judiciário. A Polícia Civil ressalta que informações e denúncias podem ser repassadas pelo Disque-Denúncia (181).

Comente: