Polícia Civil de Sergipe cumpre mandados por exploração sexual infantil em três municípios sergipanos

Operação em parceria com o Ministério da Segurança Pública foi deflagrada nesta quinta-feira em Aracaju, São Cristóvão e Laranjeiras

No início da manha desta quinta-feira, 17, a operação Luz na Infância 2 foi deflagrada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP) em parceria com as Polícias Civis do Distrito Federal e de 24 estados, entre eles o de Sergipe. Vale lembrar que os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Dint/Senasp/MESP), com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva.

 

Em Sergipe, a operação está sendo realizada pela Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC) e Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), com apoio de peritos do Instituto de Criminalística, no cumprimento de sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Aracaju, São Cristóvão e Laranjeiras. A coletiva será realizada na capital sergipana, na sede da DRCC, às 10h, próxima ao Centro Administrativo da Prefeitura de Aracaju. Na oportunidade, a delegada Rosana Freitas, coordenadora da investigação, dará mais detalhes sobre operação desencadeada na manhã de hoje.

 

Mais sobre a operação nacional

Força-tarefa envolve Polícias Civis no Distrito Federal e 24 estados. Cerca de 2,6 mil policiais civis estão cumprindo mais de 500 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Suspeitos também estão sendo detidos em flagrante. O MESP realizará uma coletiva nacional sobre a Operação com a presença do ministro Raul Jungmann. Será na Sala de Imprensa do Ministério da Justiça (Esplanada dos Ministérios, Palácio da Justiça, Bloco T, Edifício Sede), em Brasília, às 10h30.

 

Com informações da Ascom/MESP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *