Mulher é presa por violar sexualmente a própria filha de três anos em Aquidabã

Abusos consistiam em introduzir os dedos na vagina e no ânus da criança, bem como beijá-la na boca

Policiais civis da Delegacia de Aquidabã prenderam na tarde desta quarta, 02, V. B. dos S., 21 anos, acusada de abusar sexualmente da própria filha, uma criança de três anos.

 

“A mãe da acusada e avó da vítima, ao voltar para Aquidabã depois de tratamento ao qual estava se submetendo em Alagoas, notou que a neta estava com o comportamento alterado, caracterizado basicamente por medo e pânico. Diante disso, em conversa com a neta, a avó descobriu que sua filha – a acusada – estava abusando sexualmente da garota. Os abusos consistiam em introduzir os dedos na vagina e no ânus da criança, bem como beijá-la na boca”, explicou o delegado Wanderson Bastos, responsável pelas investigações.

 

A vítima disse à avó que a mãe falava que caso ela dissesse algo a alguém sobre o que estava acontecendo um ‘bicho’ a pegaria. “A avó chegou a notar que a genitália e o ânus da vítima apresentavam vermelhidão. Além disso, a neta acordava à noite aos gritos, após vários pesadelos”, completou o delegado.

 

Como resultado, foi solicitada uma avaliação psicossocial para a vítima. “As profissionais concluíram que a criança está sendo abusada sexualmente pela genitora”, finalizou o delegado Wanderson. A acusada será encaminhada ao sistema prisional onde aguardará julgamento.

Comente: