Homem é preso após assaltar uma policial e atirar contra o amigo também policial em avenida de Aracaju

Caio foi alvejado e o comparsa conseguiu fugir

Policiais militares lotados no Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) prenderam no início da noite de ontem, 27, C. F.P.. Ele assaltou uma policial de folga e atirou contra o amigo da vítima, também policial, na frente do Museu da Gente Sergipana na Avenida Ivo do Prado.

 

Segundo o boletim de ocorrência, a policial estava com um grupo de amigos na frente do Museu, quando se afastou para fazer uma ligação, momento em que uma dupla se aproximou em uma motocicleta preta. O garupa, então, desceu do veículo e anunciou o assalto puxando um revólver calibre 32, apontando e encostando a arma na barriga da policial. A vítima entregou o aparelho celular, porém Caio percebeu que ela estava armada e puxou a pistola da policial.

 

De folga, um amigo policial lotado no BPChoque que estava no outro lado da rua percebeu que a policial estava sendo assaltada e deu voz de prisão à dupla. Caio reagiu e atirou contra o militar, mas não o atingiu. Ao revidar, o policial alvejou o acusado que ferido jogou a pistola da policial no chão e em seguida se rendeu, juntamente com o revólver utilizado no assalto e o aparelho da vítima.

 

O piloto, que segundo o comparsa se chama Max, evadiu-se do local na motocicleta em alta velocidade. Caio foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e não corre risco de morte. A guarnição do Batalhão apreendeu o revólver com três munições, capacetes, celulares e drogas.

 

Caio foi atuado em flagrante por roubo majorado e homicídio qualificado tentado.

Comente: