Homem e idosa são presos suspeitos de tráfico de drogas em Estância

Policiais civis da Delegacia Regional de Estância, coordenados pelo delegado André David, prenderam na última sexta-feira, Paulo Roberto dos Santos, conhecido como “Paulinho de Tóca”, 23 anos, e Erivalda Cardoso dos Santos, a “Dona Nêga, 65 anos, suspeitos de fomentar o tráfico de drogas no município sul do Estado.

 

Segundo o delegado André David, a prisão de Paulinho ocorreu no momento em que agentes da PC transitavam pelas ruas do bairro Botequim, em Estância, e perceberam o indivíduo em atitude suspeita. Na abordagem, foram encontradas duas porções de maconha prensada, cédulas de dinheiro de baixo valor e dois aparelhos celulares. Como o suspeito já vinha sendo investigado pelo crime de tráfico de drogas, os policiais seguiram em diligência até a sua residência. Lá, foram encontradas mais três porções de maconha prensada, totalizando meio quilo.

drogasEm depoimento na delegacia, comprovou-se que um dos aparelhos celulares era produto de roubo, tendoPaulinho sido reconhecido por uma vítima como autor de um roubo à mão armada cometido há sete diasatrás. Ele acabou sendo indiciado por tráfico de drogas, receptação e roubo majorado por emprego de arma de fogo.

Prisão da “Vovó”do tráfico

Na tarde da sexta, os policiais civis efetuaram a prisão da idosa Erivalda Cardoso, por tráfico de entorpecentes. A prisão ocorreu após denúncia anônima, informando sobre uma senhora que estaria vendendo drogas na porta da sua casa.

Após diligências, os agentes surpreenderam a “Vovó do Tráfico” na porta de suaresidência vendendo duas trouxinhas de maconha prensada a um “cliente”. No interior do imovel, foram apreendidas mais 52 trouxinhas, porções maiores da mesma droga e R$58,00 provenientes da renda ilícita.

Na delegacia, o delegado Hugo Leonardo informou que Erivalda admitiu a venda da maconha, porém atribuiu a propriedade a seu filho, o ex-presidiário Marivaldo Cardoso dos Santos, conhecido como “Chorão”. “Ele não foi encontrado na residência, mas será indiciado junto com sua mãe por tráfico e associação para o tráfico de drogas”, finalizou o delegado.

Fonte: SSP/SE

Comente: