GLÓRIA: Jovem morre após ser espancada e suspeito é preso após denúncia de violência doméstica

A Polícia Civil de Nossa Senhora da Glória, coordenada pelo Delegado Jorge Eduardo, prendeu na manhã desse domingo, 16 de julho, o jovem D. A. , acusado de feminicídio consumado contra a sua companheira Kamila Rocha Melo, que faleceu na manhã de sábado, 15, no Hospital Governador João Alves Filho.

De acordo com informações, inicialmente acreditava-se que a jovem havia falecido por conta de uma doença, que havia se agravado, porém, a hipótese foi negada pelo IML. Após a liberação do corpo para a família, a polícia recebeu informações de que na verdade Kamila havia sido vítima de espancamento praticado pelo seu companheiro D.A.O. A partir desse momento deu-se início a uma rápida e bem sucedida investigação pelos policiais da Delegacia Regional, tendo a equipe coletando indícios que possibilitaram a expedição de Mandado de Prisão em desfavor de D. por volta das 4 horas da manhã do dia 16 de julho, que foi cumprido por volta das 7 horas da manhã, enquanto o corpo de Kamila foi encaminhado para ser periciado no IML, onde foi constatado pelos médicos que a jovem sofreu fraturas na costela, na lombar e nariz, além de diversas lesões internas e externas em decorrência do espancamento que sofreu.

Segundo a Polícia Civil, Douglas será indiciado pelo crime de feminicídio e continuará preso temporariamente por 30 dias, podendo esse período ser dilatado pelo poder judiciário. Atenta-se para o fato de que Kamila era portadora de um síndrome rara chamada BUDD-CHIARI, que afeta a função hepática e essa condição de saúde era conhecida pelo seu companheiro, mas não o impediu de praticar esses atos com a vítima.

Nessa mesma semana a equipe da Polícia Civil de Glória realizou duas importantes prisões de homens que cometeram esse tipo de crime e trás assim um alento às pessoas envolvidas nesses lamentáveis episódios da sociedade gloriense e sergipana.
Com informações da Polícia Civil 
Fonte: Pingou Notícias

Deixe uma resposta