Denarc prende dupla com mais de 120 kg de maconha no Luzia

Os suspeitos mantinham um ponto de armazenamento e distribuição de drogas em uma residência do bairro

Na tarde dessa segunda-feira, 25, policiais civis do Departamento de Narcóticos (Denarc) prenderam em flagrante dois suspeitos por tráfico de drogas com mais de 120 quilos de maconha no bairro Luzia, zona sul de Aracaju. São eles: D. dos Santos Lima, 23 anos,e E. Gomes do Nascimento Júnior, 33 anos, ambos reincidentes criminais.

De acordo com o delegado Osvaldo Rezende, após o recebimento do Disque Denúncia (181) relatando a ação criminosa de traficantes em uma residência do bairro Luzia, as equipes do Denarc iniciaram as investigações. “Há cerca de duas semanas verificamos onde funcionava o ponto de armazenamento e distribuição de substâncias entorpecentes, notadamente maconha e cocaína.”, explica o delegado responsável pela operação.

A investigação resultou na prisão do suspeito D. Lima, que já tem três condenações criminais por roubo e falsa identidade, e do E. Júnior, que estava de tornozeleira eletrônica e tem quatro condenações criminais, sendo uma delas por tráfico de drogas. “Os suspeitos foram presos quando estavam saindo da residência onde foi encontrada 120 quilos de maconha e 1,5 kg de tablete de cocaína”, esclarece o delegado. 

Conforme o delegado, a maconha estava sendo distribuída em tabletes, facilitando a entrega dos criminosos. “Ainda foram encontrados dez tabletes de maconha em um veículo Gol e  quatro tabletes de maconha em um Toyota Etios. Também foram encontrados 1,5 tablete de cocaína com estampa de dois peixes carpa, uma balança digital usada para pesar os narcóticos e um rolo de plástico filme utilizado paraembalar a droga”, completa.

Dando continuidade a operação, os policiais civis se dirigiram até o apartamento de Edmilson, no bairro Grageru, onde ainda encontraram e apreenderam uma pistola calibre 380, com 20 munições de idêntico calibre. Os flagrados e o material apreendido foram encaminhados para a sede do Denarc, onde foram autuados por tráfico, associação ao tráfico e posse irregular de arma de fogo.

Comente: