Delegado diz que preso chorou ao saber que perderia show de Wesley Safadão

Jovem foi preso na noite deste sábado em Aracaju.

 A polícia Civil informou neste domingo (17) que dois jovens foram presos por não pagar passagens, pular a catraca de um ônibus e ameaçar o motorista de morte após ele se recusar a parar o veículo para que um terceiro comparsa pudesse subir.
Fonte: Portal G1/Sergipe
Foto: Ilustrativa

Segundo o delegado Leógenes Corrêa, Arthur Luiz do Couto Souza, de 21 anos e Alberto de Melo Pena de 19 anos estavam com dinheiro e com ingressos para o show do cantor Wesley Safadão, que foi realizado na noite deste sábado (16), em Aracaju, mas alegaram ter tentado não pagar a passagem para economizar e comprar bebidas no show. O delegado disse que Arthur Luiz chegou a chorar quando soube que não iria mais para a festa.

“É grave quem atenta contra o transporte público impedindo ou dificultando o seu funcionamento, vez que atenta contra uma coletividade, e neste caso além das 20 famílias que ficaram sem o transporte e tiveram que descer do ônibus na porta da Delegacia, a comunidade ficou sem os serviços da linha Fernando Collor/DIA. Assim eles foram indiciados pelos crimes de atentado contra o transporte público, ameaça, e o de fraude no pagamento de transporte, previstos respectivamente nos artigos 262, 147 e 176 do Código Penal, e as penas somadas podem chegar a 02 anos e 08 meses”, explicou o delegado. A dupla está presa na Delegacia Plantonista Norte.

Comente: