Casal foragido da Justiça sergipana é preso em São Paulo

Operação Neville foi deflagrada em Taboão da Serra, interior de São Paulo

 

Na manhã desta segunda-feira, 10, na cidade de Taboão da Serra, município do estado de São Paulo, uma equipe da Divisão de Homicídios pertencente à Delegacia Regional de Lagarto, juntamente com o apoio da Polícia Militar de São Paulo, realizou a prisão de dois indivíduos que estavam foragidos da justiça de Sergipe.

Presos SPR. S.  Ramos, condenado por tráfico de drogas e fugitivo da Delegacia de Boquim e  G.  S.  Ramos que  estava foragida por ordenar a execução do seu ex-companheiro, Everton Bispo Reis, conhecido como “Vertinho”. Rafael e Gilvania são namorados e viviam juntos no interior de São Paulo, onde foram presos.

Investigações

De acordo com o delegado Tarcísio Tenório, Gilvania sofria violência doméstica de seu ex-companheiro e prestava constantemente boletim de ocorrência (B.O) queixando-se do comportamento violento do mesmo.

A polícia não descarta a possibilidade de Gilvania ter mantido um relacionamento extraconjugal com Rafael enquanto estava casada com Everton, seu ex-companheiro. A possibilidade é levantada porque após a morte de Everton, Gilvania e Rafael fugiram juntos para São Paulo. A participação de Rafael no homicídio de Everton ainda está sendo apurada.

O crime

Preso em Feira de SantanaAinda de acordo com o delegado, o executor do crime foi identificado como E.  Souza Silva, vulgo “Quinha”, que foi preso em Feira de Santana, interior da Bahia, em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelo homicídio. O recambiamento do acusado para Largato já está sendo providenciado.

Operação

A operação Neville teve essa denominação devido ao nome do criador das munições “dundum”, o soldado britânico Neville Bertie-Clayno. O Termo “balas dundum” foi usado pela foragida Gilvania, afirmando que o executor usou esse tipo de munição e o crime jamais seria descoberto.

Os presos serão levados para o município de Largato, onde serão tomadas as medidas cabíveis.

Comente: