Caatinga prende suspeito de praticar mais de 50 furtos em Sergipe

O suspeito, especialista em invadir portas de vidro, atuou em mais de 20 municípios do Estado; Também foi preso um taxista acusado de colaborar em alguns dos furtos

Câmara de vereadores, prefeituras, câmara de dirigentes lojistas e farmácias por todo o estado de Sergipe foram alvo de furto nos últimos meses. O responsável pelos crimes foi identificado como A. Santos Ribeiro, 46. O suspeito é acusado de causar um prejuízo em torno de 500 mil reais para instituições públicas e privadas.

De acordo com as informações, após denúncias de diversos furtos por todo o estado, a equipe de inteligência da Polícia Civil de Glória iniciou investigações, e identificado o modo de operação do suspeito. “Ele é especialista em abrir porta de vidro, ele abre qualquer porta de vidro porque já trabalhou no ramo. Ele se locomovia de taxi ou uber, alugando o carro e serviço dos motoristas” explicou o delegado de Glória, Eurico Nascimento. 

Na quarta-feira, 2, o suspeito foi localizado pela Caatinga juntamente com o motorista M. Araújo de Jesus, “baixinho”. “Seis furtos foram realizados no período de dois dias no município de Glória e Monte Alegre. Na quarta, os suspeitos foram flagrados pela equipe da Caatinga, logo após terem realizado um furto em Glória. Assim, foram levados para a delegacia de Glória”, detalhou o delegado.

Durante o interrogatório, o suspeito confessou ter furtado mais de 50 vezes, em mais vinte municípios diferentes. Além disso, o A. utilizava um nome falso diversas vezes, tendo até mesmo um mandado de prisão nesse nome. “O suspeito tem um irmão que morreu há vinte anos com o nome de A. . Boa parte dos crimes eram atribuídos a esse irmão falecido, inclusive uma que ocorreu na Bahia.”, conta.

Há a estimativa de que essas ações criminosas tenham gerado cerca de 500 mil reais de prejuízo para as instituições públicas. A. não agia sozinho, contratando diferentes pessoas para dirigir o veículo nos momentos dos furtos. A Polícia ainda conta que alguns itens conseguiram ser recuperados. 

Comente: