Após perseguição policial, homem é preso por embriaguez ao volante no Zona de Expansão

Os policiais solicitaram diversas vezes a parada do veículo, sendo necessário atirar contra os pneus para evitar acidentes

Uma guanição da Polícia Militar realizou nessa terça-feira, 01, a prisão de um homem por embriaguez ao volante nas proximidades da Avenida Melício Machado, zona de expansão.

 

A vítima dirigia-se para o trabalho quando o seu veículo foi atingido na traseira por um outro veículo modelo Hilux, cor prata, placa QMD-5090. Diante do ocorrido, a vítima saiu do carro com intuito de tentar resolver a situação no local, momento em que o condutor da Hilux empreedeu fuga indo em direção à orla de Atalaia sendo seguido pela vítima.

 

Após percorrer cerca de 100 metros após o local da colisão o suspeito saiu do veículo juntamente com duas mulheres, momento em que a vítima se aproximou pedindo que o condutor da Hilux resolvesse a situação. Durante a conversa o acusado chegou a anotar o número da vítima, entretanto no momento em que iria completar a ligação, uma das mulheres tomou o celular do suspeito impedindo que a vítima obtivesse o número para contato.

 

Nesse momento o suspeito entrou no carro com as mulheres quando tentou passar com o carro “por cima” da vítima e novamente empreendeu fuga, diante da situação a vítima que a todo momento acompanhava o carro em fuga avistou uma guarnição da Polícia Militar e informou os fatos. A guarnição iniciou assim perseguição utilizando o giroflex e por meio do rádio ordenou que o condutor do carro em fuga parasse o veículo ordem desobedecida vindo novamente a aumentar a velocidade e passar diversos sinais vermelhos.

 

Como as janelas do veículo encontravam-se abertas, os policiais tiveram certeza que o suspeito tinha escutado as diversas ordens de parada, e dessa forma, atiraram contra os pneus da Hilux. O suspeito saiu do veículo agindo de forma violenta contra os agentes de segurança.

 

Dessa forma, o suspeito foi encaminhado à Delegacia Plantonista Sul onde foi autuado em flagrante delito pelos crime de embriaguez ao volante, afastar-se o condutor do veículo do local do acidente para fugir da responsabilidade, trafegar em velocidade incompatível com a segurança e tentativa de homicídio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *