Acusado de roubo, homicídio e tráfico morre com comparsa ao reagir abordagem do Cope

Investigações descobriram que a dupla roubaria um lojista na avenida Gentil Tavares

Equipes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) evitaram um assalto que teria como vítima um lojista na avenida Gentil Tavares. Dois homens chegaram a trocar tiros com a equipe do Cope, foram atingidos, encaminhados ao Hospital, mas faleceram.

Segundo o delegado André David, um dos assaltantes, Bruno Aragão Silva, já tinha uma série de mandados de prisão em aberto por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, homicídios e roubos. A identificação do outro criminoso está sendo levantada pela polícia.

Duas armas de fogo, revólveres calibre 38, foram apreendidas e levadas para o Cope. Investigações dos policiais levaram à dupla de assaltantes. Os policiais fizeram um monitoramento e, pouco antes da tentativa de assalto, interceptaram a dupla, quando houve troca de tiros.

Todo o procedimento foi encaminhado para o Cope, que dará continuidade a outras investigações.

Em setembro de 2011, Bruno Aragão foi preso pelo próprio Cope, aos 22 anos, por roubar com comparsas estabelecimentos comerciais em Aracaju. Eles foram flagrados a caminho de Paulo Afonso (BA), onde praticariam mais roubos.

Comente: