Ação conjunta entre PM e Vigilância Sanitária desativa circo que funcionava irregularmente

O proprietário foi notificado e obrigado a fazer a desmontagem da estrutura

Na manhã dessa terça-feira, 5, policiais militares da  1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM), juntamente com representantes da Vigilância Sanitária do município de Itaporanga D’Ajuda, desativaram um circo que funcionava em desacordo com as normas contidas nos Decretos do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal.

No intuito de verificar denúncias à respeito do funcionamento irregular do circo, que estava localizado em um assentamento próximo à praia da Caueira, fiscais da Vigilância Sanitária solicitaram o apoio da Polícia Militar que, de imediato, disponibilizou uma equipe para tal averiguação. Equipe então, liderada pelo tenente Figueiredo, comandante do 2° Pelotão, da 1ª CIPM.

Como ficou constatada a irregularidade por parte do dono do circo, ele foi notificado pela Vigilância Sanitária, além de obrigado a fazer a desmontagem da estrutura. No ato da notificação, o proprietário do circo alegou não ter para onde ir e não ter onde guardar a estrutura.

De imediato, foi prometido por representantes da Prefeitura que a família seria incluída em um programa social do município e que seria disponibilizado um local na zona rural da cidade para que o material pudesse ser armazenado enquanto perdurassem as medidas restritivas de enfrentamento à Covid-19.

Comente: