Voto de cabresto ainda é muito presente em Sergipe

Durante entrevista ao programa Radiografia apresentado por Rosevelt Santana, nesta quinta-feira, 13, a vereadora e defensora pública Emília Corrêa (Patriota) falando sobre sua passagem pelos municípios sergipanos na campanha a deputada federal (5151), chamou atenção para o chamado “voto de cabresto”, ainda muito presente em Sergipe.
“Tem lugares que a gente passa que é absurdo, a pessoa manda bilhetinho dizendo ‘olhe eu vou votar na senhora, mas não diga a ninguém não’, como assim? Estamos no século XXI em 2018 e ainda temos que conviver com voto de cabresto. Eleitores com medo de expressar o seu direito sagrado em uma democracia que é o voto”, denunciou.
Na oportunidade, Emília mais uma vez pediu ao povo sergipano que investigue e pesquise melhor sobre os candidatos que pretendem votar.
“Volto a dizer, se um candidato te chamou atenção, pesquise a vida dele. Investigue quem é essa pessoa de verdade, analise as suas propostas, veja com quem está coligado e tome a decisão de um voto coerente e consciente”, concluiu.
Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *