Vereadora Emília Corrêa alerta que voto nulo não anula eleição

vereadora Emília Corrêa (PEN), alerta que voto nulo não anula eleição. Votos nulos são como se não existissem: não são válidos para fim algum, por isso, destacou a vereadora, o voto nulo não é uma forma eficaz de protesto.
Segundo Emília, esse boato surgido na Internet, e muito provavelmente foi originado de políticos a quem interessa o voto nulo. Esses políticos têm votos vinculados, porque os seus eleitores vendem o voto por alguma vantagem, por isso é preciso desmitificar esse boato criminoso.
“Os eleitores devem pesquisar e escolher candidatos com história de realizações e trabalho pelo povo, que tenham boas propostas e projetos para o futuro, e acima de tudo motivação e coragem para promoverem a transformação que a política precisa”, destacou.
Para Emília, os eleitores devem refletir sobre a gravidade da opção pelo voto nulo. A participação política ativa do eleitor que está indignado com o Estado de Sergipe, coisas da política brasileira, no mínimo, tem o dever cívico de participar do processo eleitoral, sobretudo para garantir a mudança no quadro político. “Eleitor, fique atento, independente do número de votos nulos, a eleição não será cancelada, pois a contagem dos votos é em função dos votos validos, o que significa dizer que os votos nulos e brancos não são computados, porque não são considerados validos”, afirmou.
Por fim, a parlamentar assegurou que o voto nulo não anula uma eleição, sendo, na verdade, uma péssima forma de protesto, haja vista que não dificulta a vida dos políticos corruptos, muito pelo contrário, garante a permanência de quem compra o voto. “Para fazer uma limpeza na política atual, os eleitores devem exercer o seu direito e votar conscientemente. Não há nenhuma previsão para anular eleições por votos deliberadamente anulados”, concluiu.
Foto: Gilton Rosas

Comente: