Thiaguinho Batalha apresenta vídeo que foi copiado e alterado das suas redes sociais

O vereador Thiaguinho Batalha esclareceu o vídeo divulgado pelo parlamentar Cabo Amintas (PTB) durante a Sessão da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) desta quarta-feira, 17. Apenas uma frase do prefeito Edvaldo Nogueira foi colocada no telão na última terça, 16, quando o conteúdo e contexto eram outros.

O trecho de um vídeo de cerca de 10 segundos. Só isso passou no plenário da Câmara durante o discurso do vereador Cabo Amintas na terça. Nessa parte, o prefeito dizia mandar na casa. Com repetições do mesmo pedaço várias vezes, a colocação ecoou. Não só para quem estava presente, mas também para quem assistia através da TV Câmara, ouvia no rádio e nas redes sociais através de postagens do registro.

Mas, o vídeo original e verdadeiro é maior. Com exatamente 31 segundos, a gravação foi da reunião da bancada realizada na última sexta-feira, 12. O encontro aconteceu após a votação da quinta, 11, onde projetos importantes foram aprovados. Na ocasião, o prefeito comentou sobre a saída de Thiaguinho da vice-liderança da bancada. “O que a oposição iria falar de Thiaguinho continuasse vice-líder: o prefeito é quem manda na Câmara”, declarou.

Durante o Grande Expediente, Thiaguinho apresentou o vídeo inteiro e ressaltou a alteração do que foi repassado. “O prefeito falou aquela frase, mas o senhor só colocou um trecho e usou com outro contexto. Ele participou de uma reunião a portas abertas com várias testemunhas, como até a TV Câmara e até uma rádio”.

Para o vereador, não existem chances de brigas e essa nunca foi ou será a intenção. “Não vou alterar o meu tom de voz. Quando um não quer, dois não brigam. Quando eu assisti esse vídeo, preferi acreditar que o senhor postou essa parte assoberbado e sigo acreditando na boa índole das pessoas”, desabafou.

Thiaguinho pediu ainda mais cautela por parte dos outros colegas. “É preciso ter um respeito. Não podemos fazer política olhando a vida e nem as redes sociais de outros vereadores. Quando eu vou olhar é para elogiar, como já fiz com vários colegas. Nós precisamos nos ajudar e não cortar um trecho de um vídeo para manipular uma informação”, cobrou.

O vereador Vinicius Porto (DEM) fez questão de expressar a sua opinião durante o discurso de Thiaguinho. “Esse tipo de coisa não se faz, isso é jogar baixo. A oposição tem que vir a público pedir desculpas”, pediu o líder da bancada.

Anderson de Tuca também lembrou que os parlamentares não devem se perder das suas funções. “Chamo a atenção de todos para manter o campo da tranquilidade, sendo oposição ou situação. O nosso objetivo aqui é fiscalizar, criar projetos e contribuir com a visão do dia a dia. Essa discussão só demonstra a fragilidade dessa casa”, alertou.

Por Ana Paula Aquino, Assessoria de Imprensa do parlamentar

Comente: