Seu Marcos: “A CMA precisa averiguar a denúncia de compra de medicamentos superfaturados”

Após a apresentação do relatório técnico que apresenta indícios de superfaturamento nos contratos para aquisição de medicamentos e artigos hospitalares e odontológicos pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), apresentados pelo Tribunal de Contas na última quinta-feira,1º, o vereador Seu Marcos (PHS) afirmou na terça-feira 6, na Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), que vai apurar a denúncia junto aos órgãos competentes.
De acordo com o documento, assinado pelo conselheiro Clóvis Barbosa, a Secretaria Municipal de Saúde adquiriu medicamentos a um custo até 61,91% superior ao Preço Máximo de Venda ao Governo (PMGV), que é estabelecido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). “ Já pedi que a minha assessoria entre em contato com o senhor Clóvis Barbosa. Quero entender este relatório e saber por que pagamos tão caro nestes medicamentos. A CMA precisa está por dentro deste processo”, justificou.
Como presidente reeleito da Comissão de Saúde da Câmara, Seu Marcos falou da indignação da denúncia. “ Pelo que li na imprensa são mais de R$475 mil em contratos firmados, todos por dispensa de licitação. Mais de R$70 mil em compras de medicação e R$400 mil em artigos hospitalares e odontológicos, isso somente no começo do ano. Vamos averiguar e acompanhar de perto o desenrolar desta história. A crise na Saúde parece que nunca terá um fim”, afirmou.
Por Assessoria de Imprensa do parlamentar
Foto César de Oliveira

Comente: