Nitinho defende gestão de Edvaldo sobre atraso de salário

O presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Nitinho (PSD), voltou a defender a gestão da Prefeitura de Aracaju (PMA) em discurso feito durante o Pequeno Expediente desta quinta-feira, 16, em respostas as críticas da oposição sobre o atraso de salário dos servidores. “Sabemos a situação econômica que o Brasil se encontra e Aracaju não passou ilesa, mesmo cortando gastos”.

Relembrando que o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) pagou dois salários deixados pela administração anterior, além da grande dívida recebida a curto e médio prazo, Nitinho destacou que o trabalho para normalização das finanças vem sendo feito desde o primeiro dia. “A prefeitura pagou 80% dos servidores e infelizmente 20 % receberam depois, mais vale lembrar que foram pagos 12 folhas salariais em apenas 10 meses, será que se não tivesse está dívida o salario estava atrasado?”.

O parlamentar aprofundou ainda mais na defesa da gestão da Prefeitura de Aracaju. “Além dos dois salários em atrasos, Edvaldo pagou mais 300 milhões de reais em dívidas, mas acredito que ano que vem tudo será normalizado. Nenhum gestor se sente bem em atrasar salário, é igual a um pai de família quando atrasa as contas. Todos se elegem querendo fazer o bem a população”, finalizou Nitinho.

Foto: Gilton Rosas

Comente: