Não vamos ficar de braços cruzados, diz Kitty sobre morte de gatos na Sementeira

A morte de cerca de 15 gatos ocorrida no Parque da Sementeira, na semana passada, foi recebida com grande choque pela deputada estadual Kitty Lima (Cidadania). Protetora animal e grande defesora do direito e bem-estar dos animais, Kitty lamentou a morte em massa dos animais e já está integrando uma força-tarefa para combater esse tipo de crime que tem se repetido no local, além de identificar e punir os autores.

Por não ser a primeira vez que episódio como este ocorre na Sementeira, a deputada Kitty Lima acredita que a ação foi criminosa.

“Não ficaremos de braços cruzados porque, infelizmente, esta não é a primeira vez que acontece um episódio desta natureza. O grupo [de proteção animal] Manjedoura, que faz um trabalho belíssimo de assistência aos animais da Sementeira, está formando uma força-tarefa para avaliar e colocar em prática formas de evitar que mais animais sejam vítimas desses ataques, e além de mim, diversos protetores estão unidos nesta causa. Ao que tudo indica soltaram alguns cachorros no espaço onde os gatos costumam ficar, de propósito mesmo. Sempre suspeitamos que pessoas mal intencionadas soltam cachorros no parque para atacar os gatos, um verdadeiro extermínio”, disse Kitty.

“Estamos acompanhando esse caso de perto e iremos buscar formas de parar essa atrocidade e punir com todo rigor da lei aqueles que a comete, nos unindo ainda mais para fortalecer a rede de apoio e proteção a estes animais”, gatantiu a deputada.

O Parque da Sementeira se tornou há anos um local onde pessoas costumam abandonar animais, principalmente gatos, o que culminou no surgimento de uma grande colônia de felinos no local. Apesar do ato ser configurado crime, a legislação federal parece não intimidar quem comete esse tipo de maus-tratos e a falta da presença do poder público para coibir esse tipo de atitude tem contribuído para o crescimento desta prática.

“Queremos pedir a população que não abandone animais na Sementeira. Aracaju possui políticas públicas de combate ao abandono, algumas leis, inclusive, de minha autoria enquanto ainda era vereadora, e também mais recente no âmbito estadual como deputada, mas infelizmente os gestores não estão fazendo cumprí-las. Faltam ações ostensivas para evitar tanto o abandono, quanto o assassinato de animais por toda a cidade, isso é inadmissível. Vamos somar forças para cobrar a aplicação da lei, identificar e punir aqueles que insistem em tratar a vida animal como coisa. Toda vida importa”, finalizou Kitty.

Comente: