Gilmar Carvalho questiona licença remunerada a oficial da PM por quatro anos

Durante o pequeno expediente da sessão plenária desta segunda-feira, 19, na Assembleia Legislativa de Sergipe, o deputado estadual Gilmar Carvalho questionou a licença remunerada concedida pela Polícia Militar de Sergipe à oficial militar, para que pudesse estudar em Portugal durante o período de quatro anos.
“Não existe na Legislação Militar um afastamento de quatro anos sendo remunerado. Eu desafio o Governo a apresentar na Legislação qual o amparo que ele encontrou para autorizar essa licença”, criticou o parlamentar.
O deputado reiterou ainda a necessidade de revisão da concessão da licença remunerada pelo Estado. “Peço publicamente que o Governo reveja esse ato, ao mesmo tempo em que digo que nos próximos dias, se o governo não fizer, terei que ajuizar uma ação”, avisou o deputado.
 
Fraude nos combustíveis da PM/SE
Nesta terça-feira, 20, Gilmar Carvalho protocolará um requerimento que propõe a convocação do coronel Bené de Oliveira Gravatá e do sargento Robertson para esclarecimentos acerca da fraude dos desvios de combustível para abastecimento da frota de veículos da Polícia Militar do Estado de Sergipe.
Foto: Jadilson Simoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *