Emília cobra fiscalização da vigilância sanitária aos bares da Orla

A defensora pública e vereadora, Emília Corrêa (PEN), cobra fiscalização da Vigilância Sanitária de Aracaju. A parlamentar destacou a necessidade de se dar mais atenção aos bares e restaurantes da Orla de Atalaia.
Segundo Emília, com a chegada das férias e o verão, a capital sergipana fica mais movimentada, o que exige atenção redobrada na forma de manipulação e conservação dos alimentos e refeições servidos nos restaurantes da Orla, que negociam muitos mariscos.
“É necessário percorrer cozinhas e observar detalhadamente eventuais irregularidades na conservação de manipulação dos alimentos nos estabelecimentos comercias localizados em toda a extensão da Orla de Aracaju”, alertou.
De acordo com Emília, a presença efetiva e cotidiana da Vigilância Sanitária de Aracaju nos bares e restaurantes, assegura que as cozinhas se adequem às normas sanitárias em vigor, garantindo melhores serviços e produtos aos consumidores.
“Através da fiscalização rotineira da Vigilância Sanitária a bares e restaurantes, podemos minimizar os impactos da manipulação irregular de alimentos e até condições inservíveis de utensílios utilizados no seu preparo, o que gera
risco de contaminação para os consumidores”, cobrou.
Por fim, a parlamentar destacou que essa questão é de saúde pública, e os agentes sanitários do município de Aracaju devem cumprir seu papel quanto à conduta certa dos estabelecimentos na oferta dos serviços.
“A Vigilância Sanitária deve justamente zelar pela saúde das pessoas que consomem em bares e restaurantes e garantir o cumprimento das normas e cuidados na prestação do serviço de maneira consciente, sem riscos à saúde”, finalizou.

Comente: