Deputados aprovam “humanização dos parlamentos” em Conferência

Os deputados estaduais sergipanos que participam da 23ª Conferência Nacional da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (UNALE), no Centro de Cultura Cristã da Bahia (CECBA), em Salvador (BA), aprovam a temática do evento que, dentre outras coisas, foca em um processo de humanização dos parlamentos estaduais e, consequentemente, de suas respectivas legislações.

O presidente da Alese, deputado estadual Luciano Bispo (MDB), aproveitou, inclusive, para parabenizar o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Nelson Leal. “A gente tem sempre que valorizar esse tipo de evento, pela sua importância, pelos temas abordados. Quero saudar o presidente da Assembleia da Bahia que nos recebeu da melhor forma e aqui estamos para tratar da humanização dos parlamentos”, pontuou.

Por sua vez, o presidente da Unale, deputado Kennedy Nunes (SC), pontuou a importância de se discutir a humanização das leis e dos Poderes. “Acho fundamental essa discussão que passa pela humanização do atendimento ao cidadão por nós, legisladores. Isso também passa pelo Judiciário, pelo Ministério Público e por todos os entes. Nós estamos perdendo muito da nossa humanidade e é isso que queremos discutir com parlamentares e os servidores das Assembleias”.

Conferência da Unale segue bem movimentada

O deputado estadual Samuel Carvalho (Cidadania) exaltou a importância da Conferência e disse que “é um momento importante para a gente discutir a humanização das leis e nós estamos, com nossos posicionamentos, tentando dar alguma contribuição”.

Já o deputado estadual Capitão Samuel (PSC) disse que a troca de ideias e de experiências é a grande marca da Conferência da Unale. “Daqui vão surgir ideias sobre a humanização das leis com foco na população, no sentido que os benefícios para o povo sejam mais efetivos, numa forma de política legislativa com a participação popular”.

O deputado Ibrain Monteiro (PSC) explicou que se trata de um dos maiores encontros de legisladores da América Latina e que é uma oportunidade para a troca de experiências. “Aqui nós temos deputados e visões do País inteiro. Acho importante para nós, deputados, para os que dão suporte ao nosso mandato, com palestras sobre a humanização. Isso só acrescenta para os nossos mandatos”.

Outro que também enalteceu a dimensão da Conferência foi o deputado Talysson de Valmir (PR). “Sou grato a Deus por poder participar dessa primeira Conferência do meu mandato, e aqui eu vim buscar mais conhecimento, boas experiências para desenvolver nosso mandato em prol do povo sergipano”.

O deputado Adaílton Martins (PSD) destacou a necessidade de se promover a humanização das leis e transformar isso em benefícios para a população. “Estamos buscando melhorias para o nosso povo”. Já a deputada Diná Almeida (PODE) enfatizou que esta é sua primeira Conferência e que toda busca de conhecimento é válida. “Confesso que estou satisfeita. Desde quando cheguei tenho participado de algumas plenárias, algumas exposições e acho que muito do que estamos vivendo aqui em Salvador poderá ser acrescido para o povo sergipano”.

Já a deputada Goretti Reis (PSD), que tem participação efetiva em setores da Unale, enfatizou que a Conferência empolga pela diversidade dos temas abordados. “Acho importante essa discussão para humanizar as leis e os nossos parlamentos, quando a gente se atenta para os problemas mais essenciais para a nossa sociedade”.

Fotos: Júnior Mattos

Por Habacuque Villacorte – Rede Alese

Comente: