Cristina e Orlando Rochadel emocionam ao receberem homenagens na Alese

Os irmãos Cristina Rochadel Moreira (jornalista) e Orlando Rochadel Moreira (corregedor nacional do Ministério Público), foram homenageados na manhã desta quinta-feira, 24, no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). Ela recebeu o Título de Cidadã Sergipana e ele, a Medalha de Ordem do Mérito Parlamentar, durante Sessão Especial concorrida e emocionante lembrando que “qualquer maneira de amor vale à pena”, destacando o amor ao próximo e o foco. A propositura do Título é de autoria da deputada Goretti (PSD) Reis e da Medalha, de autoria da então deputada Angélica Guimarães (PSC). Os homenageados nasceram na cidade de Lages, em Santa Catarina.

Garibalde Mendonça coloca a medalha em Orlando Rochadel

Garibalde Mendonça coloca a medalha em Orlando Rochadel

No discurso, a deputada Goretti Reis falou sobre o rei Salomão, em que para tudo existe um tempo ao lado do sol.

“Infelizmente o tempo em que vivemos hoje é de ódio e preconceitos. Mas, para nós hoje é um dia de falar, de ajuntar e de abraçar. Hoje essa Casa Legislativa abraça dois irmãos, dois catarinenses que fizeram e fazem muito por essa terra, desenvolvendo suas funções com maestria. Orlando Rochadel é o responsável pela construção da maior escola pública de Sergipe, o Centro Educacional Vitória de Santa Maria, que conta atualmente com mais de três mil alunos matriculados no bairro Santa Maria. Essa Casa concede-lhe a maior honraria. E Cristina Rochadel trabalha comigo há 10 anos, exercendo o cargo de assessora de Comunicação, com muita competência. Ela é minha escudeira, meu impulso, meu freio, minha conselheira e acima de tudo minha amiga.Quis o destino que essa Casa prestasse a homenagem  a Orlando e a Cristina, no mesmo dia”, destaca.

Deputada Goretti Reis entrega o Título de Cidadania a Cristina Rochadel

Deputada Goretti Reis entrega o Título de Cidadania a Cristina Rochadel

Para Cristina Rochadel, apesar de ser catarinense de nascimento, é sergipana de alma. “São 35 anos de amor a essa terra. Aqui eu realizei os meus maiores sonhos, me transformei  mãe. Para mim hoje é um dia de muita emoção. Não é apenas um Título, um papel, é algo que concretiza o que eu sempre senti por essa terra de um povo acolhedor e que sabe emocionar. É um momento de agradecer à deputada Goretti Reis e a todos que me conduziram a receber esse Título de Cidadã Sergipana. Eu amo demais essa terra e tenho a dizer do orgulho de ser sergipana e a responsabilidade agora aumenta”, afirma.

 

O irmão, Orlando Rochadel lembrou que já recebeu o Título de Cidadão Sergipano na Assembleia Legislativa de Sergipe em propositura do então deputado Belivaldo Chagas. “Se hoje eu sou cidadão sergipano, devo ao ex-deputado Belivaldo Chagas, que concedeu apenas dois títulos, e um deles a mim. Sou grato”, ressalta acrescentando que por onde anda, quando fala que é de Sergipe, recebe vários elogios principalmente em virtude da gestão transparente do deputado Luciano Bispo, e dos representantes do Tribunal de Justiça e do Ministério Público Estadual.

Goretti Reis homenageia os irmãos Rochadel

Goretti Reis homenageia os irmãos Rochadel

“A nossa atuação sempre foi na área educacional. Como promotor, criamos e idealizamos o censo educacional que trouxe para a escola, milhares de crianças que estavam sem estudar e eu destaco o Centro Educacional Vitória de Santa Maria, que foi construída sobre a nossa coordenação como promotor. Hoje é dia de alegria, de festa, sou o primeiro sergipano a ocupar de Corregedor Nacional do Ministério Público Brasileiro. Hoje quando você chega em algum lugar e diz que é de Sergipe, as pessoas falam bem do Legislativo, do Judiciário, de Carlos Brito, de Cézar Brito, do deputado Luciano Bispo, e de tantas outras personalidades. Portanto, ser cidadão sergipano e agora receber a comenda, é motivo de muita honra, muita alegria e estou muito honrado, por mim e por Cristina, uma irmã muito querida”, completa Orlando Rochadel.

 

Mesa

Goretti Reis destaca a amizade com a assessora

Goretti Reis destaca a amizade com a assessora

A composição da mesa foi formada pelo presidente da Alese, deputado Luciano Bispo (MDB), o deputado Luciano Pimentel (PSB), o secretário José Carlos Felizola representando o governador Belivaldo Chagas, o procurador geral do Ministério Público de Sergipe, José Rony Almeida, o presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe, desembargador Cezário Siqueira Neto, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Ulisses Andrade, o defensor público, José Jairo de Jesus, os ex-governadores Jackson Barreto e Albano Franco e a corregedora geral do MP DO Amapá Stela Maria do Nascimento.

No plenário e nas galerias, deputados, familiares, amigos dos homenageados e autoridades sergipanas e de outros estados.

Homenageados

Cristina Rochadel não segura as lágrimas durante o discurso do irmão

Cristina Rochadel não segura as lágrimas durante o discurso do irmão

Cristina Rochadel possui graduação em Jornalismo pela Universidade Tiradentes; é pós-graduada em Gestão Integrada de Comunicação também pela UNIT.

Tem especialização em Gestão Integrada da Comunicação  e experiência na área de Educação; além da participação em eventos, congressos, exposições e feiras.

Como atuação profissional, foi assessora  de imprensa na Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (Fanese); assessora de Comunicação de Nossa Senhora do Socorro e da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), trabalhou na TV Aperipê e é proprietária do berçário e Hotelzinho Ninho da Kika.

Atualmente atua como assessora de Imprensa da deputada Goretti Reis. Em 2016, Cristina Rochadel recebeu o Título de Cidadã Aracajuana.

Cristina Rochadel agradeceu a Luciano Bispo pelo concurso da Alese

Cristina Rochadel agradeceu a Luciano Bispo pelo concurso da Alese

Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Sergipe, Orlando Rochadel  trabalhou no Banco do Brasil e foi nomeado em 1997, promotor de justiça, por meio de aprovação e classificação em concurso público para ingresso na carreira do Ministério Público do Estado de Sergipe;  Respondeu em substituição pela Promotoria das Execuções Criminais da Comarca de Aracaju, em 1998. É o responsável pela construção da maior escola pública de Sergipe, a Escola Vitória de Santa Maria.

Atuou nas promotorias de Justiça das comarcas de Nossa Senhora das Dores, Tobias Barreto, Nossa Senhora do Socorro, Barra dos Coqueiros, Estância, Riachuelo, Canindé do São Francisco, Maruim;

Fez parte do quadro de professores do Instituto Jurídico Master, nos Estados da Bahia e Sergipe; exerceu o cargo de professor da Universidade Tiradentes (UNIT); foi designado assessor do gabinete do procurador-geral de Justiça; em 2010, foi escolhido pelo então governador Marcelo Déda (por meio de uma lista tríplice) para ser o procurador-geral de Justiça; recebeu o Colar do Mérito Tobias Barreto e em 2014 recebeu o Título de Cidadão Aracajuano e eleito presidente do Grupo Nacional de Direitos Humanos;

Em 2015, foi nomeado para compor o Conselho Nacional do Ministério Público; foi homenageado com o Colar do Mérito do Ministério Público do Rio de Janeiro e agraciado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, com o Troféu Mérito da Advocacia Raymundo Faoro.

Ministrou cursos, proferiu palestras e participou de vários congressos em Sergipe e em outros estados.

Por Rede Alese
Fotos: Jadilson Simões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *