Bastante preocupado com a estrutura oferecida para os Policiais Militares, tendo como referência o ataque sofrido pelo Comandante da Caatinga, o deputado Capitão Samuel verificou que no momento em que o Capitão oliveira foi assassinado, conduzia um veículo estava veículo com motor 1.4, enquanto que os bandidos usavam corola 2.0. Diante desta discrepância, o militar não teve oportunidade, se desejasse, de se distanciar dos seus algozes.

Para revolta do Capitão Samuel, foi informado que o novo Comandante da Caatinga, também fará uso de um veículo da baixa potência, exatamente igual ao que era utilizado pelo Capitão Oliveira no momento do crime. Desta forma, o novo comandante continuará com veículo inferior aos que são utilizados pelos assassinos.

Em contato com o Comandante da PM, Cel Marconi, e com o Secretário de Segurança Pública, João Eloy (que está em viagem), o parlamentar solicitou, em caráter de urgência, um veículo mais potente para atender os profissionais que trabalham naquela região.
Segundo o parlamentar o seu pedido foi atendido de forma imediata pelo secretário João Eloy, que entendeu a necessidade e comprometeu em realizar a troca do carro assim que chegasse à capital sergipana.
Samuel justifica que um veículo Voyage, com potência 1.4, não dá o mesmo poder de evacuação em um momento de urgência. “No momento em que o Capitão Oliveira foi alvejado, ele estava num veículo de pequena potência, enquanto os meliantes estavam com um corola 2.0. Tivemos esta tragédia como exemplo e não podemos repeti-la dando o mesmo carro ao novo comandante da Caatinga. É uma exposição desnecessária, por isso eu cobrei do secretário João Eloy, que troque imediatamente este veículo. Nossos profissionais precisam do mínimo de condições para trabalhar e já pudemos perceber que aquela região não é nada fácil. Graças a Deus Eloy entendeu o pedido e faremos esta mudança em breve”, declara.

Fonte: Divulgação Facebook do Parlamentar