Prefeituras economizam e população realiza Carnaval de rua no interior

Em tempos de crise, algumas prefeituras, onde seus municípios realizam carnavais tradicionais, tiveram que tomar uma decisão difícil e até impopular, e anunciar que não iriam custear o evento esse ano. É o caso das cidades de Canindé de São Francisco, Neópolis e Itaporanga D’ajuda. Mas quem disse que mesmo sem os recursos públicos esses municípios não tiveram Carnaval?
A alegria tomou conta das ruas e a festa foi promovida pela própria população, através dos blocos, em comemorações privadas com a família e amigos ou aproveitando os banhos de sol, seja à beira do rio São Francisco ou na praia da Caueira.
Em Neópolis, o prefeito Luiz Melo de França (Dr. Luizinho) não gastou nenhum real com a contratação até mesmo das bandinhas de frevo, que foram patrocinadas por empresários. Os shows da noite, que aconteceram na Praça de Eventos, foram promovidos pela iniciativa privada, que cobrou um ingresso de R$ 10,00.
“A tradição das marchinhas de Carnaval, do bloco Zé Pereira e do mela-mela foi garantida. As ruas ficaram lotadas e as pessoas se divertiram da mesma forma que os outros anos. A prefeitura economizou e os foliões esbanjaram muita alegria”, comemorou Dr. Luizinho.
CANINDÉ
No sertão de Sergipe, a Prefeitura de Canindé de São Francisco, mesmo não contratando estrutura ou artistas, possibilitou que a festa transcorresse com tranquilidade e segurança para moradores e visitantes. Segundo o prefeito Orlandinho Andrade, toda uma estrutura foi colocada à disposição dos foliões, com guarda-vidas, agentes de trânsito, saúde, limpeza e segurança. “Dessa forma, a gestão municipal garantiu que o Carnaval acontecesse nas ruas e na orla num clima de alegria e tranquilidade”, afirmou o gestor.
Segundo Orlandinho, esse ano não foi possível realizar a festa devido à difícil situação financeira do município, agravada pela crise econômica e a maior seca da história de Sergipe. “Nossos recursos e esforços estão voltados para amenizar os efeitos da estiagem, a exemplo do aumento da quantidade de caminhões-pipa, além do pagamento dos salários dos servidores (em 54 dias pagamos 3 folhas salariais). Enquanto muita gente se diverte, vamos continuar trabalhando firmes para garantir dias melhores para a nossa gente, com planejamento e responsabilidade”, destacou.
CAUEIRA
Desde o sábado, 25 de fevereiro, foliões de várias partes começaram a chegar na Praia da Caueira, em Itaporanga D’ajuda, para comemorar o feriadão de Carnaval, uma das maiores festas do país. Além da manutenção na iluminação de toda a região, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, disponibilizou uma equipe completa para atendimentos imediatos no caso de incidentes. As equipes de plantão eram compostas por enfermeiro, médico, técnico de enfermagem, equipe de apoio, de prevenção, duas ambulâncias.
Os foliões que estavam comemorando o Carnaval na praia da Caueira deram uma demonstração de que a festa pode ser feita pelo próprio povo com paz e muita alegria. Durante os dias de festa diversos bloquinhos realizados pela população saíram pelas ruas da Caueira com muita festa, alegria e música.

Fonte/Autor: T. Dantas Comunicação e Marketing

Comente: