PL declara “Festa do Vaqueiro” como Patrimônio Cultural Imaterial

Foi aprovado nesta quinta-feira, 22, o projeto de lei ordinária Nº 195/2019, de autoria da deputada Goretti Reis (PSD). O PL declara a “Festa do Vaqueiro”, da cidade de Porto da Folha, Patrimônio Cultural Imaterial de Sergipe.

A festa acontece anualmente no mês de setembro e chama a atenção pelo grande número de pessoas que frequentam. Ela será também incluída no Calendário Oficial de Eventos do estado.

“Considerada a maior pega de boi na caatinga do mundo, a Festa do Vaqueiro de Porto da Folha, que acontece todos os anos, atrai cerca de 70 mil pessoas diariamente circulando no município”, falou Goretti Reis.

Com este grande número de turistas, a cidade ganha economicamente, com cerca de R$ 8 milhões deixados pelos visitantes. A parlamentar salientou que o evento é uma vitrine para o entretenimento e os negócios ligados ao vaqueiro.

“Esta prática é uma atividade que movimenta milhões de recursos financeiros, gera muitos empregos diretos e indiretos. A atribuição da vaquejada é a atividade cultural e esportiva, além de forte potencial econômico”, afirmou a deputada.

O PL foi aprovado na sessão mista da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Foto: Governo do Estado de Sergipe

Por Wênia Bandeira

Comente: