Mais de 1.400 famílias serão contempladas com casa própria em Estância

Investimento de R$92,8 milhões possibilitou a construção dos conjuntos habitacionais Recanto Verde e  Carmen do Prado Leite

A população de baixa renda do município de Estância, na região sul do estado, finalmente pode conquistar a realização de um sonho: o da casa própria. Em janeiro deste ano, 453 famílias foram contempladas com as unidades habitacionais do Conjunto Carmen do Prado Leite e até o final do ano, 953 mais serão beneficiadas com a entrega do Conjunto Recanto Verde. Orçados em R$92,8 milhões, os conjuntos habitacionais são construídos pela parceria entre o Governo Federal, o Governo Estadual e o Município. Todas as unidades são totalmente adaptáveis  e dispõem de dois quartos, sala, cozinha e banheiro; são revestidas com PVC e piso cerâmico e são entregues  com toda infraestrutura de pavimentação, iluminação, esgotamento sanitário e drenagem.

“Nunca tive uma casa. Receber uma casa é um privilégio pra gente. Às vezes nem acredito que essa casa é mesmo minha. A minha casa linda. Estou no maior gosto, arrumando tudo, garagem, jardim para ficar com a cara da gente”, orgulha-se a moradora Mércia Virgínia, dona de casa e mãe de quatro filhos.

Aos 81 anos, o aposentado José Rodrigues dos Santos se diz realizado por ter um lar. “Trabalhei a vida toda e nunca pude ter uma casa minha. Vivi sempre de aluguel e depois de pagar as contas, mal sobrava dinheiro para alimentar os meus cinco filhos. Agora, aqui na minha casinha, estou feliz. Gosto de tudo aqui na minha casa, principalmente de sentar na minha sala e descansar. Não preciso de mais nada”, garante.

A casa própria é um novo recomeço para a família de Itamara Rosa de Jesus. Ela,que morava com o marido e os dois filhos em um quartinho, comemora ter um espaço para as crianças. “Agora eles tem o quartinho deles, o espaço deles para brincar. Eu estou muito feliz. Antes a gente vivia amontoado. É bom demais ter a nossa casa”, diz.

Recanto Verde

As unidades habitacionais que estão sendo construídas integram o Programa do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida – Recursos FAR (Fundo de Assistência Residencial) e é destinada a famílias que têm rendimentos na faixa de 0 a 3 salários mínimos. O Governo do Estado dotou o Residencial Recanto Verde de infraestrutura completa com drenagem, pavimentação, esgoto, água e iluminação pública.

Com 91% da obra já concluída, o conjunto Recanto Verde tem uma área comum composta Unidade Básica de Saúde, praça com parque infantil, quadras de esportes e espaços cobertos (salões de festas) e creche, que segue o padrão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

De acordo com o engenheiro responsável pela obra, Tiago Braga, os grandes diferenciais do conjunto são o núcleo habitacional, a acessibilidade e a sustentabilidade.  “A parte de uso coletivo é inovadora ao trazer espaços de convivência como salão de festas, são dois, um para cada módulo. Além disso, tem também a unidade de saúde, o parquinho, as quadras de esportes, a creche. Outros dois aspectos importantes são a acessibilidade – todas as casas são adaptáveis para deficientes e todos os passeios possuem piso tátil e rebaixo para cadeirantes – e a sustentabilidade. Todas as unidades tem teto solar”, explica.

O engenheiro conta ainda que praticamente toda a mão-de obra utilizada é proveniente do município. “No pico da obra, nós trabalhamos com 650 funcionários entre contratados e terceirizados. Com exceção da administração que veio de Aracaju, os demais funcionários são de Estância”, aponta.

Investimento em habitação

Garantir dignidade à população menos favorecida é um dos grandes compromissos do Governo do Estado. Conforme o superintendente da Secretaria de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra), Ubirajara Barreto, só a partir de 2015, já foram investidos mais de R$180 milhões em obras de habitação popular no estado.

“Nós entregamos em Nossa Senhora do Socorro, o conjunto Neuzice Barreto de Lima, com 600 unidades habitacionais; entregamos as 580 unidades habitacionais no Porto D’anta, em Aracaju; entregamos 28 unidades em Capela, 28 em Moita Bonita, ao qual fazem parte do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS). Em execução hoje nós temos o Agripino I e II, em Tobias Barreto e  Recanto Verde I e Recanto Verde II, em  Estância. Vamos entregar também 28 unidades em Itaporanga D’Ajuda e temos 22 unidades habitacionais na Barra dos Coqueiros”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *