Hospital Regional de Lagarto atendeu quase 750 pacientes na semana passada

A unidade é responsável por garantir cobertura assistencial a uma população estimada em 250 mil habitantes, dos seis municípios que integram a Microrregião Centro-Sul de Saúde

Estratégico para A Rede Estadual de Urgência e Emergência, o Hospital Regional Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro (HRL), em Lagarto, na região Centro-Sul de Sergipe, atendeu 728 usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), entre casos clínicos e cirúrgicos na última semana,  é o que apontam os registros do Sistema Integrado de Informatização do Ambiente Hospitalar (Hospub), do Ministério da Saúde (MS).

Os serviços de Urgência e Emergência do HRL beneficiam cidadãos como o garotinho J.G.S.S, de 10 meses de vida, filho da lavradora Telvane Ribeiro Souza Santos, de 35 anos, que reside no Povoado Crioulo, em Lagarto. “Ele está internado desde o sábado, 31. Essa é a segunda vez que preciso trazê-lo ao hospital. Graças a Deus o atendimento daqui, tanto dos médicos como do pessoal da enfermagem, é ótimo. Não tenho do que reclamar”, afirma a lavradora, cujo filho está em uma das enfermarias da Pediatria, onde se recupera de uma broncopneumonia.

Assim como a lavradora, semanalmente, o HRL garante assistência a centenas de usuários SUS. De acordo com os dados do Hospub, ao menos 33 pessoas, vítimas de vários tipos de queda, como da própria altura, de telhados, calçadas e escadas, deram entrada no HRL entre a segunda-feira, 26 de dezembro, e o domingo passado, primeiro dia de 2017. Esse número foi bem inferior ao registrado na semana anterior, compreendida entre os dias 19 e 25 de dezembro, quando o HRL havia atendido a 58 pacientes vitimados por quedas.

Entre a segunda-feira e o domingo passados, em comparação à semana anterior, também houve redução no número de vítimas de violência do trânsito atendidas na unidade. De acordo com os dados do Hospub, entre os dias 26 de dezembro e 1º de janeiro, o serviço de Urgência e Emergência do HRL assistiu 26 pacientes envolvidos em acidentes automobilísticos e motociclísticos, enquanto no período de 19 a 25 de dezembro tinham sido atendidas 34 pessoas vitimadas por acidentes de trânsito. Não houve registro de vítimas de atropelamentos.

Na semana passada, somente os acidentes com motos e motonetas representaram 92,3% do total de pacientes vitimados pelo trânsito atendidos no Pronto Socorro do HRL. Entre a segunda-feira e o último domingo, o hospital atendeu 24 vítimas de acidentes motociclísticos. Além destes, o Hospital Regional de Lagarto ainda prestou assistência a duas vítimas de acidentes automobilísticos.

Em relação à violência urbana, os plantões na semana passada registraram apenas um caso de vítima de ferimentos por arma branca. No mesmo período, de acordo ainda com os dados do Hospub, não houve atendimento a casos de ferimentos por arma de fogo, nem a vítimas de agressões físicas.

Também entre a segunda-feira e o domingo passados, 18 pacientes deram entrada ainda no HRL com traumas diversos, dois após sofrerem picadas de animais e dois por mordidas de cães. Na última semana, o HRL atendeu ainda sete pessoas que apresentaram quadro de intoxicação e duas que sofreram queimaduras.

Cobertura

O Hospital Regional de Lagarto é responsável por garantir cobertura assistencial a uma população estimada em 250 mil habitantes, dos seis municípios que integram a Microrregião Centro-Sul de Saúde: Lagarto, Salgado, Simão Dias, Poço Verde, Riachão do Dantas e Tobias Barreto. O HRL presta assistência nas áreas de Clínica Médica, Ortopedia, Pediatria, Ultrassonografia, Nefrologia e Terapia Intensiva, dispondo de uma UTI com dez leitos.

Devido à sua localização estratégica, o HRL atende ainda pacientes advindos de outras regiões do Estado, como Campo do Brito e São Domingos, no Agreste, Boquim e Estância no Sul sergipano, além de municípios baianos circunvizinhos e que fazem divisa com Sergipe, como Paripiranga, Adustina, Nova Soure, Itapicuru, Cícero Dantas, dentre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *