Canindé: Conab dá continuidade à entrega de alimentos do PAA

Na noite desta última terça-feira, 22, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) entregou o segundo lote do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em Canindé de São Francisco. Foram distribuídos 744kg de acerola, 540kg de quiabo, 782kg de goiaba, 140kg de pimentão, 20kg de cebolinha e 475kg de macaxeira, totalizando 2.701kg de alimentos. O projeto é fruto de uma parceria da Conab com a Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro); a Prefeitura Municipal de Canindé – através da Secretaria de Assistência Social; o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS); o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Canindé (CONSEAN) e com os produtores do projeto irrigado do município, através da Associação dos Agricultores Irrigantes de Canindé do S. Francisco (ASSAI).

Funciona da seguinte forma: o CRAS faz a seleção das famílias que se encontram em situação de insegurança alimentar e nutricional. A Secretaria de Assistência Social, por sua vez, recolhe os alimentos produzidos pelos agricultores familiares e com o apoio do CRAS distribui entre os beneficiados. A Cohidro atua auxiliando os agricultores, que são irrigantes no Perímetro Califórnia, na execução do projeto a ser apresentado na Conab e na mediação com todos os órgãos envolvidos no processo. Os alimentos deverão ser distribuídos quinzenalmente, durante o ano de 2017, seguindo todos os requisitos de controle de qualidade dos produtos.

A secretária de Assistência Social do município, Isa Bezerra, conta que no último dia 12, logo após a primeira entrega de alimentos, agricultores da Assai, reuniram-se com o CONSEAN, o CRAS e a própria secretaria de Assistência Social para prestação de contas. “Trata-se de um projeto que é benéfico a todos os envolvidos: de um lado, 2.300 pessoas que estão em situação de risco e vulnerabilidade recebem alimentos de qualidade e, de outro, um total de 24 agro famílias são beneficiadas, já que os produtores rurais vão receber, igualitariamente, R$ 192.000 para produzir 103 toneladas de alimentos para as doações, durante o período de um ano”, explica Isa.

Legenda: Mais de 2.701kg de alimentos foram entregues no segundo lote do PAA

 

Comente: