Análise foliar oferecida pelo Instituto Tecnológico auxilia agricultores de Sergipe

Procedimento verifica o estado nutricional das plantas e é uma ferramenta para o agricultor que deseja melhorar a produtividade de sua lavoura

 A análise foliar, procedimento que verifica o estado nutricional das plantas, é uma ferramenta para o agricultor que deseja melhorar a produtividade de sua lavoura. O procedimento, que pode ser aplicado a todas as culturas, oferece dados para que produtores, com auxílio de engenheiros agrônomos, corrijam possíveis deficiências no programa de adubação aplicado às suas terras. Em Sergipe, o serviço é oferecido pelo Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia de Sergipe (Sedetec).

A análise de tecidos vegetais, segundo o engenheiro agrônomo do ITPS, Rivaldo Cordeiro, pode avaliar a eficácia da adubação (recomendada através de análise de solo) e constatar excesso ou deficiência dos elementos essenciais à sobrevivência da planta. “A análise verifica se a adubação está ajudando ou prejudicando a planta, identifica excesso ou deficiência de elementos e a presença de componentes tóxicos e também detecta a fome na planta”, explica.

Os dados obtidos com a análise foliar, que pode ser feita em complemento à análise do solo, são utilizados como base para a construção de um programa de correção da adubação. “Quando a gente aduba com determinados elementos, pode acontecer de um ou outro ficar imobilizado no solo, sem fazer efeito na planta. Fazendo a diagnose foliar, podemos perceber se determinados elementos deixaram de ser absorvidos pela planta. Com esses resultados, o produtor deve procurar um agrônomo de sua confiança para que ele, baseado nestes dados, faça uma recomendação de adubação”, detalha Rivaldo.

Serviço

O produtor que quiser adquirir a análise foliar deve procurar o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do ITPS. Neste setor é possível obter orientações de como proceder na coleta de folha e informações sobre o valor do serviço, que custa em média R$ 120. O telefone do SAC é (79) 3179 8087/8080.

Selo de Qualidade

O Laboratório de Ensaios Inorgânicos (LEI) do ITPS tem o selo de qualidade do Programa Interlaboratorial de Análises de Tecido Vegetal, que é coordenado pela Escola Superior de Agricultura ‘Luiz Queiroz’ (ESALQ) da Universidade de São Paulo (USP). “O programa interlaboratorial funciona como um controle de qualidade das atividades analíticas, transmitindo confiabilidade e credibilidade aos resultados emitidos pelo ITPS”, explica a coordenadora do Laboratório, a mestre em Química, Carolina Mangieri de Oliveira Prado.

Comente: